Moacir Pereira

moacir.pereira@ndmais.com.br Notícias, comentários e análises sobre política, economia, arte e cultura de Santa Catarina com o melhor comentarista politico de Santa Catarina. Fundador do Curso de Jornalismo da UFSC. Integrante da Academia Catarinense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, é autor de 53 livros publicados.


Os impasses na Frente de Esquerdas de SC

PSB insiste em Dário Berger candidato a governador; Psol defende nova fórmula

A ausência de unidade partidária na campanha eleitoral deste ano em Santa Catarina não se registra apenas no MDB e no Progressistas, os dois partidos mais importantes na divisão do poder estadual.  Acontece também na Frente de Esquerdas.

7 dos 8 partidos da Frente optaram por Décio Lima- PSB reage – Foto: Arquivo7 dos 8 partidos da Frente optaram por Décio Lima- PSB reage – Foto: Arquivo

Dos oito partidos que integram a coligação, sete já deram aval à candidatura do ex-deputado federal Décio Lima, presidente do PT, para concorrer ao governo do Estado.

Acontece que o PSB não jogou a toalha e continua aguardando alguma solução por cima, que venha do comando nacional socialista e petista.  É neste sentido que atua o presidente estadual, Cláudio Vignatti, que ontem esteve reunido com o ex-governador Geraldo Alckmin e com o presidente nacional do partido, Carlos Siqueira, e tinha agenda com o ex-governador Márcio França.

Vignatti falou com Alckmin em SP – Foto: DivulgaçãoVignatti falou com Alckmin em SP – Foto: Divulgação

Os últimos esforços são no sentido de garantir espaço para o senador Dário Berger, do PSB. A assessoria do parlamentar continua divulgando notas para reiterar que ele é candidato ao governo.  Hipótese admitida num racha da Frente de Esquerdas e candidatura isolada.

O que alguns dirigentes da Frente admitem é Dário Berger candidato a reeleição.  E, ainda assim, com restrições do PDT, que já selou a candidatura do ex-deputado Jorge Boeira, para dar palanque no Estado ao presidenciável Ciro Gomes.

Na disputa por espaços na Frente, o vereador Afrânio Bopré, do Psol, assumiu uma nova posição, em defesa de Dário Berger, sob a alegação de que a prioridade é a eleição de Lula.  E também não aceita duas candidaturas ao Senado pela Frente, com ele e Boeira.

A reunião marcada para amanhã entre os dirigentes dos partidos da Frente de Esquerdas poderá indicar qual a fórmula para conquistar o sonhado caminho da unidade.

Participe do grupo e receba as principais notícias
das Eleições 2022 na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...