Esplanada

Leandro Mazzini é jornalista, escritor e pós-graduado em Ciência Política pela UnB. Iniciou carreira em 1994 e passou pelo Jornal do Brasil, Gazeta Mercantil, Correio do Brasil, Agência Rio, entre outros. O blog é editado por Mazzini com colaboração de Walmor Parente e equipe de Brasília, Recife e São Paulo.


Posse do novo presidente do STF não terá “beija-mão”

Com pandemia, ministro Luiz Fux toma posse em sessão virtual na quinta-feira

Cena curiosa não se repetirá após décadas de tradição em Brasília. Com a pandemia e sessão virtual (com pouquíssimos parentes presentes na sede), pela primeira vez na posse de um presidente do Supremo Tribunal Federal não haverá fila de jatinhos no céu de Brasília para aterrissar.

A posse de presidente da Corte é um dos mais disputados beija-mãos da República. São banqueiros, empreiteiros e advogados milionários que lotam os hangares do Aeroporto da capital. São tantos aviões, que alguns pilotos esticam esperam seus patrões na pista de Goiânia. Novo presidente do STF a partir da quinta-feira, o ministro Luiz Fux, discreto que é, vai adorar evitar isso.

Mais uma

Além da encrenqueira Sara Winter que tem projeto eleitoral e desfila de tornozeleira eletrônica, a jovem ativista bolsonarista Érica Viana – também com tornozeleira e na mira da Justiça por pertencer ao famigerado grupo ‘300 do Brasil’ – vai disputar vaga para veradora em Campos dos Goytacazes (RJ).

Pe$qui$a$

A Finep, do Ministério da Ciência e Tecnologia, com sede própria num prédio do Flamengo, continua a pagar quase R$ 900 mil/mês, com contrato 2024, por andares num edifício no Centro do Rio de Janeiro.

Os gestores públicos no Brasil constroem hospitais, mas faltam médicos e aparelhos; erguem escolas bonitas, mas sem professores; reformam Museu Nacional para ficar bonito, porém.. sem acervo.

Tem padrinhos

Valter Casemiro, secretário de Transporte e Mobilidade do Governo do DF, alvo de operação da Polícia Federal semana passada por supostas maracutaias à frente do DNIT, seu cargo anterior, teve uma ascensão meteórica no órgão federal tão logo entrou concursado em 2006.

Foi justamente na Era de Valdemar da Costa Neto – chefão do PR (hoje novamente Partido Liberal) – e de Alfredo Nascimento, o ex-senador todo poderoso que mandou no Ministério dos Transportes nos Governos de Lula da Silva e Dilma Rousseff.

Cautela virtual

Luciano Hang, o Véio da Havan, segue brincalhão no seu reconquistado perfil do Instagram. Entrou na onda e fez há dias um vídeo no app Tik Tok. Mas só isso. Nada de ironias contra o Judiciário ou opositores de Bolsonaro.

Campo virtual

Um grupo de bolsonaristas espalha pelo whatsapp desde quinta-feira uma campanha para tentar bloquear uma conta no Instagram titulada @defundbolsonaro. Os simpatizantes do presidente da República acusam o perfil de “destruir a imagem do Agro Brasileiro no exterior prejudicando nossa economia”.

Fiscal na contramão

A Buser, dos ônibus compartilhados e passagens baratas, continua a sofrer nas mãos dos ficais da ANTT. Nesta pandemia, alega que a agência passou a apreender de forma recorrente ônibus de parceiros da plataforma sob a acusação de realizarem transporte irregular.

Mas o órgão não se adapta à nova realidade da demanda para as regras no setor,  o que obriga a empresa em muitos Estados a operar sob liminar judicial. A ANTT vem discutindo internamente regras para acompanhar as mudanças na pista.