Esplanada

Leandro Mazzini é jornalista, escritor e pós-graduado em Ciência Política pela UnB. Iniciou carreira em 1994 e passou pelo Jornal do Brasil, Gazeta Mercantil, Correio do Brasil, Agência Rio, entre outros. O blog é editado por Mazzini com colaboração de Walmor Parente e equipe de Brasília, Recife e São Paulo.


Seis desembargadores federais disputam duas vagas para o STJ

Em consenso, os ministros decidiram por apresentar lista quádrupla ao presidente Bolsonaro para diminuir o seu poder de nomeação

Será acirrada a disputa entre desembargadores federais para compor a lista quádrupla que o Superior Tribunal de Justiça pretende elaborar dia 12 de maio, para indicação a duas vagas na Corte abertas após a aposentadoria dos ministros Nefi Cordeiro e Napoleão Nunes Maia Filho. Entre portas nos Tribunais Regionais Federais, dois nomes já são dados como certos na lista: Paulo Sérgio Domingues (TRF3, em São Paulo) e Messod Azulay Neto (presidente do TRF2, no Rio). Correm por fora os desembargadores Ney Bello Filho (TRF1, em Brasília), que teria o apoio da família do presidente Bolsonaro, e o desembargador Carlos Brandão (TRF1).

Apadrinhado

Também são cotados o desembargador Fernando Quadros (TRF4, no Paraná) e o desembargador Cid Marconi Gurgel (TRF5, em Pernambuco) – apadrinhado pelo presidente da Corte, ministro Humberto Martins.

Poder

Em consenso, os ministros decidiram por lista quádrupla – e não duas tríplices, como de praxe para vagas – na apresentação ao presidente Bolsonaro para a escolha. Uma forma de diminuir o seu poder de nomeação.

Viagra

Bolsonaro surpreendeu convidados que tomaram café da manhã no Palácio. Tirou do bolso caixa de viagra. Jurou que é para entender o medicamento e defender os militares.

Batalha do biodiesel

A Frente Parlamentar do Biodiesel no Congresso Nacional investiga se a Agência Nacional de Petróleo avalia mudar a descrição técnica do “biocombustível” e “biodiesel”. Se confirmada, a medida assegura negócios ao diesel coprocessado em testes pela Petrobras e Vibra, que contam com apenas 5% de material renovável.

‘Gato por lebre’

Isso reduziria mais o share de mercado do produto fabricado com biomassa – o 100% limpo. O diesel coprocessado é divulgado como “diesel verde”, “diesel renovável” ou “biocombustível avançado”. Mas os produtores contestam as denominações. A FPBio quer saber da ANP se o propagado “diesel verde” é ou não um ‘gato por lebre’.

Bolsoneto

O desencontro dos caciques do PT desmobilizou a base para Lula na Bahia, e Bolsonaro encontrou brecha para crescer. Com um apoio inesperado. ACM Neto (UB), que disputará o governo do Estado, não quer aparecer com o presidente, mas deve liberar prefeitos e vereadores da coalizão para pedir voto casado: será o voto ‘Bolsoneto’.

Ordem

Lula resgatou um soldado desertor. Insatisfeito com o desdém da executiva nacional, o ex-governador Agnelo Queiroz estava prestes a assinar ficha de filiação ao Solidariedade no DF. Lula telefonou para o diretório e ordenou que o PT dê a legenda para Agnelo se candidatar a deputado federal. Ordem cumprida.

Autofagia bolsonarista

Cenário confuso em Brasília: A deputada Bia Kicis e outros candidatos disputarão o voto da Igreja. Fabiano, o midiático intérprete do presidente, tentará a Câmara com a fama junto às pessoas com deficiência auditiva – um dos eleitores cobiçados por apadrinhados da primeira-dama Michelle.

Sócrates

José Sócrates, o ex-premiê de Portugal – muito amigo de Lula desde os tempos que mandava na Terra Mãe –, tornou-se agora o mais chegado de Geraldo Alckmin. Foram apresentados pelo advogado Kakay, no jantar que o criminalista ofereceu a petit comitê em São Paulo. Alckmin e Sócrates conversaram por uma hora. E prometeram visitas.

Mistério

O caso do ex-BOPE e miliciano Adriano da Nóbrega, morto em suposto confronto com a PM da Bahia no interior do Estado, tem reviravoltas entre gabinetes das polícias do Rio de Janeiro e do estado nordestino. Adriano teria atrapalhado negócios de um bicheiro, que hoje está preso e isolado, e já estava na mira do contraventor.

Roleta

Os investidores estão com um olho no Congresso Nacional e outro no mercado de jogos de azar. A feira de Londres sobre o setor recebeu 300 empresários brasileiros. Gente com centenas de milhões na conta.

Loading...