Ataque no Capitólio dos EUA: Um policial e o suspeito estão mortos

Dois oficiais foram atingidos por um veículo em uma das barricadas do Congresso; o motorista desceu com uma faca e foi baleado

Um policial morreu e outro ficou ferido em um ataque perto do Capitólio, sede do Congresso dos EUA, na tarde desta sexta-feira (2). Os dois foram atropelados por um carro que avançou contra uma das barricadas no lado norte do edifício, que foi fechado em seguida.

Ataque ao Capitólio dos EUA foi registrado nesta sexta-feira (2) – Foto: Twitter/Reprodução/NDAtaque ao Capitólio dos EUA foi registrado nesta sexta-feira (2) – Foto: Twitter/Reprodução/ND

De acordo com a Polícia do Capitólio, o motorista desceu do carro com uma faca nas mãos logo após atingir os dois agentes, avançou contra outros oficiais e foi baleado. Os três foram levados ao hospital em seguida.

“Um dos nossos agentes sucumbiu aos seus ferimentos”, disse Yogananda Pittman, chefe interina da polícia do Capitólio, durante coletiva de imprensa.

Ela confirmou que o suspeito também foi declarado morto após o ataque, que segundo autoridades não parece ter sido um ato de terrorismo.

“Não parece ser um [um evento] relacionado com o terrorismo”, disse à imprensa Robert Contee, chefe da polícia do Distrito de Columbia, onde fica a capital, Washington.

Segundo a agência Reuters, ruas cercando o Capitólio e outros prédios do governo foram fechadas e policiais estão patrulhando a área. O prédio do Congresso estava praticamente vazio por conta do feriado de Páscoa.

“A USCP (Polícia do Capitólio dos EUA) respondeu (…) a relatos de que alguém avançou com seu veículo contra dois policiais. Um suspeito foi detido. Os dois agentes foram feridos. Todos os três foram transportados para o hospital”, diz um comunicado postado no perfil da USCP no Twitter sobre o incidente.

Ainda não foram divulgados detalhes sobre a identidade do suspeito, nem dos motivos. Os primeiros relatos são de que os dois policiais feridos teriam sido levados ao hospital em estado grave.

Ataque ao Capitólio

Há pouco menos de três meses, o Capitólio, sede do Congresso dos EUA, sofreu um dos maiores ataques de sua história, quando uma multidão de apoiadores do ex-presidente Donald Trump invadiram e vandalizaram o prédio e enfrentaram as forças de segurança. Cinco pessoas morreram, dezenas ficaram feridas e mais de 300 estão sendo processadas pela Justiça.

Após o episódio, que aconteceu em 6 de janeiro, no momento em que a Câmara dos Representantes e o Senado realizavam a sessão que formalizava o resultado final da eleição presidencial de 2020, que acabou com a vitória de Joe Biden contra Trump, um perímetro foi montado ao redor do Capitólio e as medidas de segurança vinham sendo relaxadas nas últimas semanas.

+

Política Internacional