Trump assina ordem executiva sobre transações dos EUA com o TikTok

Documento proíbe pessoas no país de realizar qualquer transação com a ByteDance Ltd., empresa que é dona do aplicativo

Uma ordem executiva que, na prática, coloca um prazo de 45 dias para uma empresa dos Estados Unidos comprar operações do aplicativo TikTok foi assinada na noite desta quinta-feira (6) pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que chamou o aplicativo de ameaça à segurança nacional e econômica.

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou ordem executiva para barrar o aplicativo TikTok – Foto: Gage Skidmore

Quando esse período se esgotar, a ordem proíbe pessoas nos EUA ou sujeitas à jurisdição dos EUA de fazer qualquer transação com a ByteDance Ltd., empresa de Pequim e dona do TikTok.

Ao assinar a ordem, Trump aumentou a pressão sobre a Microsoft para adquirir os negócios americanos do TikTok.

A Microsoft disse que espera comprar os negócios do TikTok nos Estados Unidos e em outros três países.

A empresa, que afirmou no domingo que pretende terminar as discussões sobre o assunto até 15 de setembro, não fez comentários imediatamente após a assinatura da ordem, e o TikTok não respondeu imediatamente a um pedido de comentário para a reportagem.

+

Política Internacional