Pedro de Queiroz

Direitos do consumidor e cidadania para o dia a dia das pessoas.


A perda da primeira dama do Costão do Santinho

Ao patriarca Marcondes, nosso fraternal abraço! “Por trás de todo grande homem há uma grande mulher”. Tínhamos a Dona Iolanda como a matriarca da Família Costão do Santinho

Nossos sentimentos ao Dr. Fernando Marcondes de Mattos, a todos os seus familiares e a todos aqueles, que como, nós tínhamos a Dona Iolanda como a matriarca da Família Costão do Santinho.

Flavia, Felipe, Iolanda, Fernanda e Fernando Marcondes de Mattos – Foto: QIP FOTOS/DIVULGAÇÃO/NDFlavia, Felipe, Iolanda, Fernanda e Fernando Marcondes de Mattos – Foto: QIP FOTOS/DIVULGAÇÃO/ND

Rendê-la homenagens, para além de ato de solidariedade à família, é também o registro de respeito ao exemplo e sua obra que nunca será esquecida e merece seguir na história, não apenas do empreendimento, mas de toda Santa Catarina!

Ao patriarca Marcondes, nosso fraternal abraço! “Por trás de todo grande homem há uma grande mulher” e sorte desse homem que teve a visão da oportunidade de encontrar uma dessas mulheres!

Dr. Marcondes sempre foi e sempre será o maior visionário de nosso tempo! E dona Iolanda Abrahan Marcondes nossa eterna Primeira dama do Costão do Santinho!

QUANDO OS CONDÔMINOS UNIDOS FAZEM DIREITO

 Enquanto no Condomínio Costão do Santinho, todos estão unidos e solidários pelo passamento de nossa primeira dama, situação bem diferente ocorre no Condomínio Il Campanário, onde os condôminos realizam nesta manhã (12), uma Assembleia Geral Ordinária absolutamente histórica!

A Gigante Habitasul, que até então promovia verdadeiro reinado absolutista, ocupando, ao mesmo tempo, as funções de síndica, subsíndica, administradora, prestadora de serviços, apontou sozinha o próprio Conselho “Fiscal” e deixou de convocar duas Assembleias Ordinárias nas datas fixadas em Convenção Condominial, e sem autorização de assembleia, sacou valores do milionário fundo de reserva de propriedade dos respectivos condôminos, enfrentará finalmente seu julgamento!

Pensando bem, já havia passado da hora! Pois era forte o constrangimento entre muitos proprietários, desde que fora condenada em primeira instância pelos mais variados crimes, inclusive associação criminosa, corrupção ativa e tantos outros delitos ambientais, valendo-se da impunidade da prescrição para ficar absolutamente isenta de pena e, aquele tempo, se negando a prestar qualquer garantia imediata aos condôminos – exigida em Assembleia – quanto a então publicada pena de demolição que foi determinada pelo Poder Judiciário local.

Antes tarde do que nunca, os condôminos se deram conta que Gigante mesmo são eles e que não importa quão grande é o adversário, porquanto a Justiça Brasileira está consolidada!

Em vão o Grupo Habitasul tentou ao longo dessa semana uma série de medidas judiciais, para evitar uma pauta que lhes exigisse finalmente prestação de contas!

É o fim do conflito de interesses e do mal uso do dinheiro dos condôminos. É o fim da impunidade! Desta, não sentiremos saudades nem a ela renderemos homenagens.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.