Moacir Pereira

moacir.pereira@ndmais.com.br Notícias, comentários e análises sobre política, economia, arte e cultura de Santa Catarina com o melhor comentarista politico de Santa Catarina. Fundador do Curso de Jornalismo da UFSC. Integrante da Academia Catarinense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, é autor de 53 livros publicados.


ÁUDIO: Moacir Pereira comenta sobre as reuniões do MDB e as eleições em SC

Jornalista destaca encontros com as 36 encontros regionais que vão definir as prévias do partido e as posições dos deputados estaduais nas eleições

O jornalista Moacir Pereira comenta nesta quarta-feira (12) sobre as reuniões do MDB em Santa Catarina com a presença do presidente do diretório estadual Celso Maldaner em 36 regionais a partir da próxima segunda (17) até o dia 28 de janeiro visando as eleições deste ano no Estado.

O senador recebeu um apelo da senadora Simone Tebet, que é candidata à presidência da República pelo partido, para montar um palanque como candidato do governo em Santa Catarina, mas ele não tem a garantia que o MDB dará a sigla e está próximo do PSB (Partido Socialista Brasileiro).

O presidente do MDB, Celso Maldaner, disse estar preocupado com as sinalizações dadas por Berger e a disposição de seguir outro projeto com nova sigla, mas revelou que ele deverá tomar essa posição sobre o futuro apenas após a reunião do diretório estadual em 3 de fevereiro, em Florianópolis.

Nesse encontro, Maldaner deverá apresentar relatório sobre o encontro com as 36 encontros regionais que vão definir as prévias, realização da atividade da bancada estadual, as posições dos deputados estaduais e eleições de 2022.

O MDB está em uma situação indefinida no Estado. As bases do partido queixam-se de falta de articulação para escolha dos candidatos à Câmara Federal e à Alesc (Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina).

Os prefeitos que defendem o partido aumentam a fila daqueles que defendem a candidatura à reeleição do governador do Estado Carlos Moisés da Silva, filiado ao partido, ou em coligação partidária. O partido trabalha com três nomes para pré-candidatos a vice-governador na chapa de Carlos Moisés: Celso Maldaner, Valdir Cobalchini e Mauro de Nadal.

Loading...