Depois de mais de um ano, devolver os R$ 33 milhões aos cofres públicos segue sendo um desafio

Vamos voltar a uma historia que vem se desenrolando há um ano e um mês. A compra dos 200 respiradores com pagamento antecipado de 33 milhões de reais. Desde que os indícios de irregularidade vieram a tona, em abril do ano passado, começou a busca pelo valor e pelos responsáveis. Devolver o dinheiro para os cofres públicos tem sido um verdadeiro desafio.

Confira a primeira reportagem da serie “Caminho dos Respiradores”.

+

BG Florianópolis