Paulo Alceu

Análises qualificadas e comentários assertivos acerca dos assuntos mais relevantes para os catarinenses.


Ditadura Sanitária. Ações de lockdown estão sendo contestadas no mundo e consideradas ineficientes no combate à Covid19.

Primeiro foi a Itália. Agora os ingleses organizaram um ato de desobediência civil, reabrindo o comércio contra as determinações do governo Boris Johnson. As restrições a atividade comercial como meio de combater a Covid19 não apresentaram resultados concretos. A não ser o aumento no número de suicídios, doenças mentais, desemprego e quebradeira. Há informações que a Espanha e a França estão organizando movimentos semelhantes. Na Inglaterra é o terceiro lockdown e pelo visto a contaminação não sofreu grandes reveses. Por aqui Manaus revelou os efeitos negativos do lockdown. Ações idênticas estão acorrendo em Minas Gerais e São Paulo produzindo insatisfação e atingindo vários segmentos econômicos, sendo considerado uma espécie de ditadura sanitária estimulada por governantes que encontraram nesse modelo, de manter as pessoas em prisão domiciliar ou alijadas do trabalho, uma solução mais prática de enfrentamento ao vírus. Prática de um lado, danosa do outro. O tempo mostrará até que ponto parte de ações, consideradas negacionistas, não estava mais adaptada a realidade.