Paulo Alceu

Análises qualificadas e comentários assertivos acerca dos assuntos mais relevantes para os catarinenses.


Divisão de lucros da Celesc debocha da situação atual

Não seria mais correto utilizar esses recursos referentes aos lucros, na modernização da empresa em benefício dos clientes, na expansão das linhas de transmissão, inclusive investindo em linhas subterrâneas o que evitaria em casos de precipitações meteorológicas o caos que se trata estabeleceu dias atrás com o denominado ciclone bomba? Não seria mais correto investir na empresa e nas pessoas do que colocar no bolso de diretores indicados pelo governo? Fica difícil de justificar tais atos diante de tantas dificuldades que a imensa maioria dos brasileiros está enfrentando devido a pandemia. O presidente da Celesc, Cleisio Poletto , que está sendo investigado pelo Ministério Público por conflito de interesses , pois comanda a Celesc e tem vínculo funcional com uma empresa concorrente, vai embolsar R$ 260 mil . Quando o Conselho determinou a divisão de lucros o único voto contrário foi do representante dos funcionários da Celesc. Esse benefício eleva de três e seis o salário da cúpula da empresa. Como os salários orbitam em R$ 40 mil , dobre ou triplique só para ter uma ideia do quanto irão ganhar. Chega a ser , diante do que estamos passando, um deboche.

+

Paulo Alceu

Paulo Alceu

O ministro Gilmar Mendes quer pautar o mais rápido possível o processo de suspeição contra o ex juiz ...