Colecionador acumula 5 mil santinhos de candidatos em SC

Eduardo Serpa começou a colecionar o material na década de 80, quando tinha nove anos. Figuras ilustres como João Goulart e Juscelino Kubitschek estão no acervo

Os tradicionais santinhos de candidatos fazem parte do folclore que envolve as eleições no Brasil. O fim deles, no entanto, é quase sempre o mesmo: o lixo. Mas tem aqueles que preferem guardar e até mesmo fazer coleção. É o caso de Eduardo Serpa, morador de Brusque, no Vale do Itajaí, que já possui um acervo com 5 mil santinhos.

Serpa começou a coleção no final da década de 80, quando ele tinha apenas nove anos. São santinhos de candidatos a presidente, senador, governador, deputado federal e estadual. “Começou como uma brincadeira de criança. A gente começava a sair pela rua juntando material”, conta o colecionador.

Os santinhos contam a história política do Brasil e Santa Catarina. Figuras ilustres como João Goulart e Juscelino Kubitschek estão no acervo. Há ainda personagens da Ditadura Militar e das primeiras primeiras eleições diretas depois do golpe.

Figuras ilustres estão no acervo - Reprodução / NDTV Blumenau
1 3

Figuras ilustres estão no acervo - Reprodução / NDTV Blumenau

Santinho de Juscelino Kubitschek - Reprodução / NDTV Blumenau
2 3

Santinho de Juscelino Kubitschek - Reprodução / NDTV Blumenau

Personagens da Ditadura Militar também aparecem - Reprodução / NDTV Blumenau
3 3

Personagens da Ditadura Militar também aparecem - Reprodução / NDTV Blumenau

Para conseguir o material, Serpa entra em contato com candidatos ou familiares no caso de falecidos. Ele também viaja com a família pelo estado, além de arrematar outros santinhos através de leilões. “Quem tem em casa e quiser fazer uma doação pode entrar em contato que a gente vai guardar com muito carinho”, garante.

*Reportagem de Moisés Stuker para o Balanço Geral Blumenau