Conheça a bancada de vereadores do PL em Florianópolis

Partido elegeu dois vereadores na Capital: Maikon Costa foi reeleito e Maryanne Mattos, uma das cinco mulheres eleitas, inicia seu primeiro mandato em 2021

O PL também terá uma bancada com dois vereadores na 19ª legislatura da CMF (Câmara Municipal de Florianópolis). Na sequência da série de reportagens com os vereadores empossados de Florianópolis, chegou a vez de conhecer a trajetória política, prioridades e preferências na hora do lazer de Maryanne Mattos. Maikon Costa não aceitou responder às questões do Grupo ND.

Maryanne Mattos: Da Guarda Municipal para a Câmara das vereadoras

Maryanne Terezinha Mattos está com 44 anos e vai iniciar o primeiro mandato de vereadora. Ela entrou no PL em novembro de 2019, a convite do senador Jorginho Mello. Antes disso, era filiada ao Novo, mas saiu do partido, segundo ela, por incompatibilidade na defesa da bandeira das mulheres: ela queria puxar o tema, o partido, não.

Maryanne Mattos, vereadora do PL em FlorianópolisNa sua segunda tentativa, Maryanne Mattos (PL) conseguiu uma das 23 cadeiras e começa o primeiro mandato de vereadora em Florianópolis. – Foto: Anderson Coelho/ND

Segundo Maryanne, o PL deu liberdade para que ela puxasse essa pauta. Ela, por sua vez, pediu apenas uma condição: não queria estar em um partido coligado com a atual gestão, ou seja, o governo Gean.

A candidatura em 2020 veio depois dos 17 anos de vida pública na Guarda Municipal. Segundo Mattos, o serviço público é muito afetado por politicagem e troca de favores.

“Às vezes, entram pessoas que não têm conhecimento nenhum na área e acabam assumindo chefias por favor político. Dentro do serviço público, isso não é saudável”, defende uma das cinco mulheres eleitas em 2020.

Ela conta que foi candidata em 2016, porque ninguém a representava. Segundo Mattos, após a derrota, ela se preparou fazendo mentorias para concorrer novamente e fazer a política que acredita.

“Não é defesa de partido, mas da cidade, do bom serviço público, da fiscalização dos gastos. Por ter ficado incomodada ao ver muitas coisas indo para o caminho errado”, diz Maryanne explicando porque disputou outra eleição.

A vitória, segundo ela, veio porque atingiu maturidade sobre o que é uma campanha. Ela também considera importante a participação no Renova BR, uma escola de formação política no Brasil. Mattos obteve 1.718 votos. Veja a proporção por bairro:

“Fui sendo selecionada em vários cursos: Vamos Juntas e também Movimento Acredito. São movimentos nacionais, que pegam pessoas comuns, sem histórico político na família, para se capacitar e enfrentar o processo eleitoral”, explica.

Prioridades do mandato

No primeiro mandato, Maryanne Mattos promete uma fiscalização forte em cima das ações do executivo. Quer analisar com muita responsabilidade todos os projetos, sejam do Executivo, ou do Legislativo.

Ela quer uma equipe pronta para atender as pessoas e também mostrar a importância das mulheres nos espaços de liderança e poder e a importância da paridade, do diálogo.

“Acredito que vai ser saudável para a Câmara, com essas cinco vereadoras eleitas, esse diálogo dentro das sessões. (…) Quero fortalecer isso e servir de exemplo para outras mulheres na cidade, para que elas tenham coragem de acessar esses espaços”, destaca Mattos.

Horas vagas

Nas horas vagas, Maryanne Mattos gosta de fazer a sessão pipoca com a filha e o marido. “Temos uma casa junto com a família em Palhoça, com minha sogra e cunhada, tipo um sítio, então gosto de ficar com a natureza, no meio das plantas e fazer muitos momentos de lazer em família.

A tradição na família é que, ao menos no momento da refeição, estejam juntos. “Adoro cozinhar, fazer bolo, esses momentos que me dão prazer com amigos e família.”

Maryanne Mattos que ser uma inspiração para as mulheres na política. Entre as preferências de entretenimento dela, estão o filme Estrelas Além do Tempo; o livro “Vamos Juntas”, da deputada federal Tábata Amaral (Podemos) e a série da Netflix, Anne whit an “E”.

Maikon Costa

Convidado a participar da série de reportagens, o vereador Maikon Costa (PL) não aceitou responder à entrevista. Em 2020, ele conquistou a reeleição, fazendo 1.796 votos. Veja a votação dele por bairro:

No primeiro mandato, Costa estava no PSDB e, na 19ª Legislatura, vai representar o PL na CMF.

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Eleições 2020