Prefeito de Blumenau recebe alta de hospital e já está em casa

Mário Hildebrandt (Podemos) teve uma queda de pressão durante um debate promovido pela NDTV neste sábado (21)

O prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt (Podemos), recebeu alta do hospital na manhã neste domingo (22). Ele fez alguns exames e passou a noite em observação no Hospital Santa Isabel. O atestado médico apontou desidratação seguida de síndrome vasovagal, ocasionando queda de pressão arterial e mal-estar. Hildebrandt já está em casa em recuperação.

O debate entre os candidatos a prefeito de Blumenau teve que ser interrompido após quase uma hora. Mário Hildebrandt (PODE) teve um mal-estar e precisou ser levado ao hospital. Ele passa bem e segue em recuperação. – Foto: Vinícius Bretzke / ND+

Por orientação médica, o prefeito deverá permanecer em repouso absoluto até terça-feira (24). A alta do hospital nesta manhã para se recuperar em casa aconteceu por orientação do hospital em função do risco de contágio do novo Coronavírus.

O prefeito precisou passar por atendimento médico no sábado (21) à noite, durante a realização do debate organizado pela NDTV Record TV. A assessoria do candidato a reeleição informou que “nos últimos oito meses, a rotina de trabalho tem sido intensa e sem descanso na gestão do combate ao coronavírus, que segue sendo a sua prioridade, e que vem acumulando desde setembro com agenda de candidato”

O debate

Durante o segundo bloco do programa, Mário Hildebrandt passou mal enquanto comentava a fala de seu oponente, João Paulo Kleinübing (DEM), se debruçou na bancada e foi socorrido pela mediadora Márcia Dutra.

Confira o momento em que o candidato Mário Hildebrandt passa mal durante o debate: 

Em seguida foi colocado numa cadeira. Neste momento o programa foi interrompido e a emissora prontamente acionou o serviço de emergência. O atendimento foi prestado pelos bombeiros e Samu ainda na sede da NDTV e o debate foi declarado encerrado.

Quando os socorristas chegaram aos estúdios da NDTV, Hildebrandt estava deitado em um sofá, já sendo amparado pela equipe. O secretário de Promoção da Saúde, que é médico, acompanhava o candidato e prestou os primeiros atendimentos.

+

Eleições 2020