Professor Elson propõe crédito barato para empresas se manterem na crise econômica

Candidato do PSOL disse que o “abre e fecha” na pandemia gerou instabilidade econômica na cidade e o fechamento de diversos comércios

O Professor Elson (PSOL) foi o entrevistado desta quarta-feira (21) no Balanço Geral Florianópolis. Nesta semana, o segundo grupo de candidatos à prefeitura da Capital visita o programa para conceder entrevistas ao vivo. Vanessa Nora, que apresentou o BG nesta quarta, conduziu a entrevista de oito minutos e o máximo de oito questões do Grupo ND. A ordem de participação foi escolhida em sorteio.

Professor Elson (PSOL) concedeu entrevista ao programa Balanço Geral nesta quarta-feira (21) a fim de apresentar suas ideias para a Prefeitura de Florianópolis – Foto: Anderson Coelho/ND

Na sua entrevista, Elson respondeu seis questões. Ele abordou os seguintes temas: economia, moradia, mobilidade, infraestrutura, saneamento, cultura, esporte e lazer.

No início, o candidato respondeu sobre economia no pós-pandemia. Ele propõe a abertura de créditos mais baratos e fáceis para as empresas se manterem durante a crise econômica.

Na questão sobre invasões urbanas, Professor Elson disse que a prefeitura precisa de um setor para fiscalizar a ocupação do território. Por outro lado, defende um programa de habitação para famílias de baixa renda.

Questionado sobre cultura, esporte e lazer, Elson disse que a cultura foi um dos setores que mais sofreu com a pandemia, pela relação direta dos eventos com aglomeração. Ele defende incentivos para o setor e o fortalecimento do Conselho Municipal de Políticas Culturais.

No caso dos esportes, disse que trabalhará de maneira diversificada, pensando no esporte de rendimento, mas também no esporte escolar, comunitário, para pessoas com deficiência e para não atletas.

O candidato do PSOL disse que a resolução do problema da mobilidade de Florianópolis é a partir da ideia de transporte coletivo de massa. Ele considera que é preciso priorizar o sistema de transporte coletivo, dando prioridade nas vias e criando um financiamento coletivo para baixar o preço das passagens.

Elson também é favorável ao transporte marítimo, de maneira metropolitana, com os municípios de Palhoça, São José e Biguaçu.

Quem é o Professor Elson

Elson Manoel Pereira é catarinense de Florianópolis e tem 57 anos. Professor na UFSC, está disputando sua 5ª eleição, sempre no PSOL. Em 2012, disputou pela primeira vez a Prefeitura e obteve 34.599 votos. Em 2014, tentou se deputado estadual e obteve 16.204 votos, mas não se elegeu.

Candidato do PSOL à prefeitura de Florianópolis, Professor Elson não foi para o 2º turno em 2016 pela diferença de quatro pontos percentuais – Foto: Anderson Coelho/ND

Na eleição de 2016, Elson ficou em terceiro na disputa pela prefeitura da Capital, com 51.106 votos. Na eleição de 2018 – novamente para deputado estadual – obteve 18.652 votos e não se elegeu.

Nesta eleição, os partidos de esquerda formaram uma frente para disputar a prefeitura de Florianópolis. A aliança é única nas capitais brasileiras e abrange PSOL, PT, PDT, PCdoB, PSB, Rede e UP.

A íntegra da entrevista realizada pelo Balanço Geral Florianópolis com o Professor Elson está no topo da publicação.

Abaixo, o calendário com a ordem das entrevistas:

  • Jair Fernandes (PCO) – Segunda-feira (12) – não compareceu;
  • Gabriela Santetti (PSTU) – Terça-feira (13);
  • Angela Amin (PP) – Quarta-feira (14);
  • Dr. Ricardo (Solidariedade) – Quinta-feira (15);
  • Alex Brasil (PRTB) -Sexta-feira (16);
  • Pedrão (PL) – Segunda-feira (19);
  • Orlando Silva (Novo) – Terça-feira (20);
  • Elson Pereira (PSOL) – Quarta-feira (21);
  • Gean Loureiro (DEM) – Quinta-feira (22);
  • Helio Bairros (Patriota) – Sexta-feira (23).
+

BG Florianópolis