Em meio a greve de ônibus, Seterb define novo secretário em Blumenau

O anúncio do novo nome foi feito pelo prefeito Mário Hildebrandt (Podemos) na tarde desta quinta-feira (6)

A Seterb (Secretaria de Trânsito e Transportes de Blumenau) já tem um novo nome para comandar a pasta. Após a saída de Fabrizio Barbieri, a prefeitura definiu que o novo secretário de Trânsito e Transportes será Alexandro Fernandes (PL).

Alexandro Fernandes retorna ao governo municipal para comandar a Seterb – Foto: Divulgação/Secom Blumenau/NDAlexandro Fernandes retorna ao governo municipal para comandar a Seterb – Foto: Divulgação/Secom Blumenau/ND

Alexandro, que já passou por diversas secretarias do governo municipal, assume a Seterb na próxima terça-feira (10). O anúncio do novo nome foi feito pelo prefeito Mário Hildebrandt (Podemos) na tarde desta quinta-feira (6). Até lá a pasta segue sob o comando interino de Lairto Leite, atual diretor de Transportes.

O novo secretário assume após Fabrizio Barbieri pedir exoneração para tratar de assuntos pessoais. Barbieri estava no comando da Seterb desde março e anunciou sua saída em meio à crise no transporte coletivo de Blumenau.

Em conversa com a reportagem do ND+, Fernandes falou sobre a expectativa de assumir a nova função. O novo secretário alegou que pretende preparar um plano com as ações necessárias para a área de trânsito. “Hoje a tarde e segunda (9) vou levantar as informações preliminares para conseguir me estruturar a partir de semana que vem”, contou.

Troca durante a greve

A troca no comando da secretaria acontece em uma semana conturbada no transporte coletivo de Blumenau. Após aprovar o estado de greve, os motoristas e cobradores cruzaram os braços e a cidade amanheceu sem ônibus na última segunda-feira (2).

Trabalhadores do transporte coletivo fazem protesto por negociação salarial – Foto: Moisés Stuker/NDTVTrabalhadores do transporte coletivo fazem protesto por negociação salarial – Foto: Moisés Stuker/NDTV

Catraca livre

Na última quinta-feira (5) o Sindetranscol (Sindicato dos Empregados nas Empresas Permissionárias do Transporte Coletivo Urbano de Blumenau, Gaspar e Pomerode) enviou um ofício à prefeitura pedindo autorização para circular com os ônibus com a “catraca livre”.

Questionada, a prefeitura informou que o documento segue em análise na Procuradoria Geral do Município.

Sobre a greve

No dia 28 de julho, os trabalhadores aprovaram em assembleia o estado de greve. A decisão foi unânime e, após 72h da informação ter sido levada à prefeitura e à Blumob, o estado de greve passou a valer.

Transporte coletivo vive impasse por conta de negociação salarial – Foto: Moisés Stuker/NDTVTransporte coletivo vive impasse por conta de negociação salarial – Foto: Moisés Stuker/NDTV

Conforme o Sindetranscol, a decisão foi motivada por falta de negociação sobre a convenção coletiva de trabalho 2021/2022. O sindicato afirma que a Blumob se ausentou das negociações, que tinha como data-base o dia 1º de julho.

Uma reunião entre representantes do sindicato e a Blumob estava marcada para ocorrer na manhã de segunda-feira (2), mas foi cancelada pela empresa. Segundo o presidente do sindicato, Osnir Schmitt, a concessionária enviou um e-mail para a entidade alegando “ser um equívoco” o agendamento da reunião. Um novo encontro foi agendado para o dia 9 de agosto.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Política SC

Loading...