Altair Magagnin

altair.magagnin@ndmais.com.br Não é só sobre política. É sobre o impacto das decisões públicas na tua vida. Jornalista profissional com experiência multimídia, acompanha os bastidores do poder e traz análises e notícias exclusivas. Siga @altamagagnin nas redes.


Empresa some após vencer licitação para alugar 100 carros para secretaria de Estado em SC

Vencedora não cumpriu prazo para assinar documentos e não prestou esclarecimentos; Secretaria de Administração Prisional classificou a segunda colocada; diferença de preço passa de R$ 380 mil por ano

A empresa que venceu a licitação para alugar 100 carros para a Secretaria de Estado da Administração Prisional e Socioeducativa de Santa Catarina não assinou os documentos dentro do prazo e não apareceu para dar explicações.

Com isso, a segunda colocada foi classificada. A diferença de preço entre as duas soma mais de R$ 380 mil, considerando um ano de contrato.

Em contato com o blog, a empresa rebate a informação que consta nos documentos públicos e assegura que não sumiu.

Arte sobre foto ilustrativa de carros – Foto: Banco de Imagens/NDArte sobre foto ilustrativa de carros – Foto: Banco de Imagens/ND

O edital previa a locação de 100 veículos zero quilômetro, modelo hatch, para o transporte de passageiros e cargas leves. A empresa vencedora apresentou preço de R$ 118,5 mil por mês para disponibilizar a centena de carros.

Chama atenção que essa mesma empresa tem outros contratos para o aluguel de veículos junto ao governo catarinense. Mas, desta vez, parece não ter se interessado em cumprir o contrato.

Conforme documentos públicos, a empresa vencedora não assinou o acordo em tempo hábil e também não apresentou qualquer justificativa para o descumprimento.

Diante disso, o Estado cobrará explicações. Foi aberto um processo administrativo para apurar os motivos do descumprimento dos trâmites.

A segunda colocada apresentou o preço de R$ 150,5 mil por mês para alugar os 100 carros previstos no edital.

Isso significa R$ 32 mil a mais por mês e R$ 384 mil considerando um ano de contrato.

Colaborou Lucio Lambranho

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...