Fabio Gadotti

fabio.gadotti@ndmais.com.br Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.


Florianópolis monta força-tarefa para fazer as audiências sobre o Plano Diretor em janeiro

Calendário coordenado pelo Ipuf prevê todas as audiências distritais no mesmo dia e a reunião final em 24 de janeiro

A Prefeitura de Florianópolis está montando uma força-tarefa para realização em janeiro de todas as 13 audiências públicas e a reunião final sobre a proposta de revisão do Plano Diretor, conforme recomendação feita pelo Ministério Público de SC.

Calendário do Ipuf prevê a realização das 13 audiências distritais no mesmo dia, simultaneamente – Foto: Leo Munhoz/NDCalendário do Ipuf prevê a realização das 13 audiências distritais no mesmo dia, simultaneamente – Foto: Leo Munhoz/ND

Segundo o superintendente do Ipuf (Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis), Carlos Alvarenga, as audiências nos 13 distritos acontecerão simultaneamente, no dia 15, das 16h às 20h. As discussões serão gravadas e disponibilizadas posteriormente no Youtube da prefeitura. A última reunião, que será realizada no dia 24 de janeiro, na Câmara de Vereadores, das 18h às 22h, terá transmissão ao vivo.

A dinâmica de funcionamento das audiências será detalhada em convocação na edição desta quinta-feira (30) do Diário Oficial.

Antes dessa maratona, porém, o Executivo planejou para a próxima quinta-feira (6), das 15h às 20h, a sequência da audiência pública realizada em 17 de dezembro. Todos que já estavam inscritos para falar de maneira presencial e online, e que não tiveram a oportunidade de manifestação, poderão apresentar suas sugestões.

Esse “segundo tempo” estava previsto no dia 27, mas foi suspenso pela Justiça a pedido da bancada do PSol no Legislativo municipal.

Carlos Alvarenga disse que o Ipuf vai fazer ações locais e ampla divulgação nos bairros para incentivar a participação da população nesse processo de discussão sobre as propostas de alteração à lei.

“A proposta apresenta uma virada de chave positiva para o planejamento urbano ordenado da cidade. Com uma norma mais ‘viva’ e em sintonia com a realidade do município”, afirma o superintendente.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...