Altair Magagnin

altair.magagnin@ndmais.com.br Não é só sobre política. É sobre o impacto das decisões públicas na tua vida. Jornalista profissional com experiência multimídia, acompanha os bastidores do poder e traz análises e notícias exclusivas. Siga @altamagagnin nas redes.


FOTOS: Não está nada fácil achar a Veigamed

Empresa que recebeu os R$ 33 milhões antecipados pelos 200 respiradores pulmonares fantasmas "mudou-se" e foi intimada pelo "Diário Oficial" para oitiva de testemunhas nesta semana

Uma etapa importante do processo administrativo que apura o Caso dos Respiradores será realizada nesta semana. A audiência de oitiva de testemunhas da Veigamed está marcada para sexta-feira (21), às 14h, na sede da Controladoria-Geral do Estado.

O principal desafio está sendo localizar as testemunhas. Depois de quatro correspondências negadas, a empresa foi intimada por meio do “Diário Oficial do Estado”.

As correspondências à Veigamed Material Médico e Hospitalar Eireli foram enviadas pelo Estado de Santa Catarina para o endereço na rua Antônio Félix, 679, bairro Nossa Senhora de Fátima, na cidade de Nilópolis, interior do Rio de Janeiro.

A foto mostra uma imagem do Google capturada em julho de 2021. Conforme informação oficial dos Correios, as notificações anteriores foram devolvidas ao remetente com a indicação de “mudou-se”.

📸Veja fotos do endereço da Veigamed, no Rio

Endereço fornecido pela Veigamed - Reprodução/ND
1 3
Endereço fornecido pela Veigamed - Reprodução/ND
Endereço fornecido pela Veigamed - Reprodução/ND
2 3
Endereço fornecido pela Veigamed - Reprodução/ND
Endereço fornecido pela Veigamed - Reprodução/ND
3 3
Endereço fornecido pela Veigamed - Reprodução/ND

O edital de intimação está publicado na edição de quinta-feira (13) do “Diário Oficial do Estado”, assinado pelo presidente da Comissão de Processo Administrativo de Responsabilização, Valdor Angelo Montagna.

A reunião será realizada por videoconferência e a participação presencial é facultativa. Mesmo que ninguém compareça, a etapa será dada como concluída. O próximo passo será o interrogatório de uma sócia da Veigamed.

Processos administrativos e judiciais

Os processos administrativos foram abertos pela Controladoria-Geral em maio de 2021 e prorrogados por mais seis meses em novembro. Além da Veigamed, estão sob investigação as empresas TS Electronic, Remocenter Remoções e Serviços Médicos, e MMJS Desenvolvimento e Licenciamento de Programa.

Todas estão sujeitas a penas previstas na Lei Anticorrupção e na Lei de Licitações e Contratações.

A tentativa de ressarcimento dos R$ 33 milhões – pagos antecipadamente pelos 200 respiradores – está a cargo da PGE-SC (Procuradoria-Geral do Estado) por meio de processos judiciais.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...