Paulo Alceu

Análises qualificadas e comentários assertivos acerca dos assuntos mais relevantes para os catarinenses.


O agronegócio na pós pandemia

O mundo precisa comer. A China e a Índia, potencias superpopulosas, estão migrando para os grandes centros e aumentando a demanda, ou seja, exigindo mais alimentos.

O Brasil é um dos países celeiro do mundo, tirando a Amazônia, como preservação, tem ainda assim 40% de seu território virgem para plantar, mais da metade da Europa.

Superamos agora há pouco os Estados Unidos na produção de soja. Isso é o agronegócio, que de 15 anos para cá cresceu consideravelmente, invertendo uma questão social.

Hoje vivemos o êxodo metropolitano que vem superando o êxodo rural. No Brasil, as cidades do interior, dados do IBGE, cresceram mais que as capitais. É o agronegócio avançando e impulsionando novos negócios, estimulado pela tecnologia que encurta distâncias.

As oportunidades se avolumam. Ou seja, o pós pandemia tem no agronegócio um segmento da economia, que segundo especialistas, terá nos próximos 30 anos importância fundamental no desenvolvimento e progresso do Brasil. Sendo considerado como mola propulsora.

+

Paulo Alceu

Paulo Alceu

O ministro Gilmar Mendes quer pautar o mais rápido possível o processo de suspeição contra o ex jui ...