Altair Magagnin

altair.magagnin@ndmais.com.br Não é só sobre política. É sobre o impacto das decisões públicas na tua vida. Jornalista profissional com experiência multimídia, acompanha os bastidores do poder e traz análises e notícias exclusivas. Siga @altamagagnin nas redes.


O futuro político de Carlos Moisés a… pertence

Governador diz que vai esperar até 2022 para definir futura legenda; antes que Jair Bolsonaro faça sua escolha, é muito difícil que ex-bolsonarista firme o pé em alguma canoa

Ficou para 2022 a decisão do governador Carlos Moisés sobre filiação partidária. Questionado sobre o assunto em Capivari de Baixo – no evento que confirmou a venda da termelétrica Jorge Lacerda, nesta quarta-feira (27) – Moisés repetiu que a melhor forma de se viabilizar politicamente é fazendo uma boa gestão.

Moisés em evento em Capivari – Foto: Julio Cavalheiro/Divulgação/NDMoisés em evento em Capivari – Foto: Julio Cavalheiro/Divulgação/ND

Além disso, os movimentos pendulares entre PP e MDB estão criando arestas na governabilidade.

Expectativa

Se, em 2018, o Comandante Moisés “era o candidato de Bolsonaro em Santa Catarina” – jargão criado pelo marketeiro político improvisado Douglas Borba – desta vez é pouco provável que o governador faça qualquer movimento sem o passo decisivo do presidente da República.

Carlos Moisés e Douglas Borba no debate da RICTV RecordTV em 2018 – Foto: Marco Santiago/Arquivo/NDCarlos Moisés e Douglas Borba no debate da RICTV RecordTV em 2018 – Foto: Marco Santiago/Arquivo/ND

Bolsonaro disse à Jovem Pan de São Paulo que está entre PP e PL e que vai optar pelo partido que abrir a ele maior possibilidade de indicações ao Senado.

Loading...