Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.


Projeto que mexe na Previdência de Florianópolis entra na pauta da Câmara

Em maio servidores municipais fizeram protesto contra o projeto da Previdência na frente da Câmara da Capital – Foto: Gabriel Rosa/Divulgação/NDEm maio servidores municipais fizeram protesto contra o projeto da Previdência na frente da Câmara da Capital – Foto: Gabriel Rosa/Divulgação/ND

Está na pauta desta quarta-feira (29) da sessão da Câmara de Florianópolis o projeto de complementar 1.812/2020, da prefeitura, que adequa a Previdência municipal às regras federais.

A proposta aumenta de 11% para 14% a alíquota de contribuição dos servidores e passa de 14% para 17% a cota patronal.

Faz parte do efeito cascata previsto pela emenda complementar 103, a reforma previdenciária aprovada pelo Congresso em 2019, que prevê a fixação de novos percentuais mínimos em Estados e municípios com déficit atuarial. É o caso do fundo da Capital, que acumula um prejuízo mensal em torno de R$ 7 milhões.

+

Fabio Gadotti