Altair Magagnin

altair.magagnin@ndmais.com.br Não é só sobre política. É sobre o impacto das decisões públicas na tua vida. Jornalista profissional com experiência multimídia, acompanha os bastidores do poder e traz análises e notícias exclusivas. Siga @altamagagnin nas redes.


Projeto sobre transparência pública termina em bate-boca de vereadoras; assista aos vídeos

Fato ocorreu em Içara; com a matéria já rejeitada, debate continuou acalorado; vereadora Silvia Mendes, a Marreca, disse que vereadora Carla de Souza furou a fila para vacinação do coronavírus

Terminou em bate-boca a discussão de um projeto de lei que pretendia estipular prazos e normas para a resposta de indicações dos vereadores à Prefeitura de Içara, no Sul do Estado. O embate mais forte, durante a sessão desta segunda-feira (14), ficou entre as vereadoras Carla Vieira de Souza (MDB) e Silvia Mendes, a Marreca (PSDB).

Silvia Mendes e Carla de Souza, vereadoras em Içara – Foto: Reprodução/NDSilvia Mendes e Carla de Souza, vereadoras em Içara – Foto: Reprodução/ND

Em determinado momento, Silvia denunciou que Carla furou a fila da vacinação do coronavírus. Carla negou a acusação.

O embate entre vereadores de situação e oposição à prefeita Dalvânia Cardoso (PP) começou durante a ordem do dia. O motivo foi a discussão do projeto de lei assinado pelo vereador Edson Freitas da Silva (MDB).

Conforme a proposta – acesse à íntegra do projeto (PDF) -, o Executivo teria 30 dias para responder as indicações aprovadas pelo Legislativo. O prazo cairia para 15 dias em casos de regime de urgência.

Além do prazo, o PL também previa normas para a resposta.

O projeto de lei foi derrotado com o Voto de Minerva do presidente da Câmara, Itamar Oloyde da Silva (PP).

Debate desanda para troca de farpas

Já superada a matéria em plenário, o assunto se arrastou para o horário livre para discursos. A vereadora Carla disse que a explicação da vereadora Silvia para votar contra foi “sem nexo” e “com a voz alterada”. “Está muito claro como cada um vota. As coisas nessa Casa são votadas de forma partidária. É uma pena, a gente tem que representar o povo”, disse Carla.

Vereadora Carla de Souza critica vereadora Silvia Mendes durante sessão da Câmara de Içara – Vídeo: vereadora-carla

Foi em seguida que Silvia denunciou a suporta prática de fura-fila de Carla. “Imoral, imoral. Eu grito, sempre gritei. A senhora quer fazer palanque político aqui dentro da Câmara”, disse Silvia.

Vereadora Silvia Mendes denuncia vereadora Carla de Souza durante sessão da Câmara de Içara – Vídeo: Reprodução/ND

Carla, que é advogada, negou a acusação.

Loading...