Altair Magagnin

altair.magagnin@ndmais.com.br Não é só sobre política. É sobre o impacto das decisões públicas na tua vida. Jornalista profissional com experiência multimídia, acompanha os bastidores do poder e traz análises e notícias exclusivas. Siga @altamagagnin nas redes.


Raimundo Colombo dá resposta à declaração de Carlos Moisés sobre roubalheira

Até então, o silêncio pairava entre os envolvidos no ruidoso episódio protagonizado pelo governador e tendo também como coadjuvantes o ex-governador Eduardo Moreira e a deputada Ada de Luca

“O governador [Carlos Moisés] já mostrou ser irresponsável com as pessoas no episódio dos respiradores. E agora está sendo irresponsável com as palavras. Nada me surpreende nesse governo. Nem mesmo a politicagem barata”.

Governador Raimundo Colombo – Foto: Filipe Scotti/Divulgação/NDGovernador Raimundo Colombo – Foto: Filipe Scotti/Divulgação/ND

Essa foi a resposta do ex-governador Raimundo Colombo (PSD) à declaração do sucessor. Em pelo menos dois eventos, Moisés disse que “acabou com a roubalheira” das gestões anteriores.

Até então, o silêncio pairava entre os envolvidos no ruidoso episódio “roubalheira”, protagonizado pelo governador e tendo também como coadjuvantes o ex-governador Eduardo Pinho Moreira (MDB), a deputada estadual Ada de Luca (MDB) e o secretário de Administração Prisional, Leandro Lima.

Oficialmente, o governador Moisés não comentará os desdobramentos da própria declaração.

Fontes próximas disseram que Moisés se referiu aos fatos apurados pelos órgãos de controle que, em momento algum, colocam sob suspeita os nomes de Ada de Luca e Leandro Lima. Esses fatos seriam as operações Alcatraz e Hemorragia.

O ex-governador Eduardo Moreira disse que não irá se manifestar.

Participe do grupo e receba as principais notícias
das Eleições 2022 na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...