Reforma administrativa dos servidores públicos será prioridade da Alesc

Informação é do novo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Mauro de Nadal (MDB); ele visitou o Grupo ND nesta quinta-feira (18) e apresentou metas

O novo presidente da Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina), deputado estadual Mauro de Nadal (MDB), visitou o Grupo ND nesta quinta-feira (18), quando concedeu entrevista aos jornalistas para falar das suas prioridades à frente da Alesc.

Presidente da Alesc, Mauro de Nadal, falou sobre as prioridades para sua gestãoMauro de Nadal, presidente da Assembleia Legislativa de SC, esteve no Grupo ND – Foto: Arquivo/ND

Mauro de Nadal também comentou sobre a recente aproximação do governo Carlos Moisés (PSL), com o Legislativo catarinense. Recentemente, alguns deputados deixaram o parlamento e assumiram secretarias de governo.

Luiz Fernando Vampiro (MDB), por exemplo, é novo secretário de educação; Altair Silva (Progressistas) foi nomeado secretário de Agricultura, Pesca e Desenvolvimento Rural.

Veja o que disse o presidente da Alesc durante a visita ao Grupo ND:

Prioridades da gestão

A nível de gestão, o deputado Mauro de Nadal, destacou a participação na gestão anterior, de Julio Garcia (PSD). “Viemos desde 2019, no trabalho conjunto com Julio Garcia, sempre com intuito de fazer as economias, deixar a casa trabalhar de forma harmônica com os poderes, mas em um modelo bem econômico e eficaz”, disse.

A prioridade número 1

O presidente da Alesc disse que a prioridade das prioridades será a Reforma da Previdência dos servidores públicos de Santa Catarina.

“Hoje o Estado arca por ano com a média de R$ 5 bilhões de déficit, ou seja, retira dinheiro que poderia ser investido em educação, saúde, estradas, agricultura, nas mais variadas áreas, para pagar as aposentadorias”, disse Nadal.

Para o presidente da Alesc, é preciso buscar o equilíbrio da balança. Ele também acredita que essa mudança vai trazer grandes desafios ao longo da sua gestão.

Prioridades para SC

Em Santa Catarina, a prioridade será a retomada do desenvolvimento, pós-pandemia. Nadal tem visão otimista, porque acredita que a vacina está chegando.

“Precisamos fazer com que esse empresário catarinense, rural ou urbano, tenha oportunidade de reiniciar aquele processo de desenvolvimento, como estávamos lá em 2019, comecinho de 2020”, disse o presidente da Alesc.

Ele reforçou que o Estado vinha em ritmo acelerado de desenvolvimento e, apesar de que não deixou de crescer em 2020, ao longo da pandemia, não foi possível manter o ritmo acelerado como antes.

Aproximação com o governo

Questionado sobre o novo momento da relação entre os deputados catarinenses e o governador Carlos Moisés, Nadal disse que vê o momento com bons olhos. Ele elogiou a mudança que o governo fez.

Mauro de Nadal, presidente da Alesc, em entrevista a Osvaldo Sagaz, do Grupo ND, sobre as metas da sua gestãoDe acordo com o presidente da Alesc, o governo ganha nov ânimo ao abrir diálogo com os parlamentares da Alesc – Foto: Arquivo/ND

“Um momento de abertura do governo, para o diálogo, mas acima de tudo para a participação de pessoas, de partidos que não faziam parte do projeto inicial dele”, disse o presidente da Alesc.

Para Nadal, o quadro é positivo, porque as pessoas que estão se aproximando têm boa experiência dentro da máquina pública e estão sintonizadas com a necessidade do catarinense. A nova postura, no entendimento dele, deve conferir novo ânimo ao governo de SC.

“A Assembleia nunca foi empecilho a nenhum projeto de governo. Fizemos as correções onde foi preciso, mudamos projetos e rejeitamos, também, projetos que não eram necessários. Assim continuará, com essa mesma independência ao longo deste ano”, lembrou o parlamentar.

Mandato de um ano

Mauro de Nadal foi eleito presidente da Alesc em 2021, após um acordo suprapartidário dos parlamentares. Ele vai conduzir os trabalhos por um ano e a sucessão também está acertada.

Depois de Nadal, quem assume é o seu correligionário, Moacir Sopelsa (MDB), que vai encerrar sua participação na vida pública no término do atual mandato.

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Política SC