Respiradores fantasmas: Daniela quer reaver valores depositados no exterior

Em entrevista ao SC no Ar nesta terça-feira (13), governadora interina diz que os valores devem ser devolvidos aos cofres públicos do Estado

A governadora interina de Santa Catarina, Daniela Reinehr (sem partido), quer reaver os R$ 33 milhões pagos no caso dos respiradores fantasmas.

Daniela Reinehr concedeu entrevista ao Grupo ND nesta terça-feira – Foto: Leo Munhoz/NDDaniela Reinehr concedeu entrevista ao Grupo ND nesta terça-feira – Foto: Leo Munhoz/ND

Em entrevista ao SC no Ar nesta terça-feira (13), Reinehr disse que fará uma representação ao MPF (Ministério Público Federal) para que busque os valores depositados no exterior. “Queremos a repatriação desses valores e que sejam devolvidos aos cofres públicos do Estado.”, afirmou Daniela.

A chefe do Executivo determinou, ainda, que a PGE (Procuradoria Geral do Estado) reforce a busca pelos valores. De acordo ela, na última sexta-feira (9), três procuradores com experiência na busca de ativos foram nomeados para intensificar os trabalhos que envolvem a recuperação da quantia paga no processo de compra dos equipamentos.

Central de compras controlada

Sobre a situação de Carlos Moisés da Silva (PSL), afastado após votação favorável ao impeachment pelo caso dos respiradores, Reinehr afirma que “espera que a Justiça resolva com toda a confiança e expectativa”.

A governadora interina diz que não acredita que um processo de compra por parte do governo do Estado volte a ter resultados como esse.

“A central de compras está muito bem controlada e observada. Estamos com um jurídico muito forte. Tenho certeza que essa equipe que está na interinidade agora está focada no bem de Santa Catarina, que está pagando um preço muito alto”, apontou.

+

Política SC