Paulo Alceu

pauloalceu@ndtv.com.br Análises qualificadas e comentários assertivos acerca dos assuntos mais relevantes para os catarinenses.


Rondônia é o primeiro Estado a rejeitar obrigatoriedade do passaporte da vacina

Projeto agora depende da sanção do governador

A Assembleia Legislativa de Rondônia, por 18 votos a 4, aprovou o projeto proibindo a exigência de apresentação do passaporte da vacina no Estado. Depende agora da sanção do governador.

Alguns organismos públicos, entre eles o Tribunal de Justiça de Rondônia, o Tribunal de Contas e a Câmara de Vereadores de Porto Velho, exigem o comprovante de vacinação. Quem não tem, não entra.

Rondônia é o primeiro Estado que rejeitou a obrigatoriedade do passaporte da vacina – Foto: Divulgação/Paulo Alceu/NDRondônia é o primeiro Estado que rejeitou a obrigatoriedade do passaporte da vacina – Foto: Divulgação/Paulo Alceu/ND

Essa exigência foi derrubada pelos deputados depois de audiências públicas concluindo que o passaporte de vacina é uma forma de discriminação.

O governo federal determinou uma quarentena de cinco dias para quem entrar no país e, depois, um teste de Covid-19 para ser liberado. Ou seja, não irá exigir comprovante vacinal, o que ocorre, por exemplo, na França, que aumentou significativamente o número de contaminações, 60 mil por dia. Por enquanto dados confirmam que a nova variante Ômicron atingiu na maioria dos casos pessoas vacinadas e sem grandes repercussões.

Loading...