Karina Manarin

Com foco em notícias de política, o blog traz todos os dias também as informações do cotidiano e que interferem diretamente na vida das pessoas de todo o Sul Catarinense.


Semana de Combate à Violência contra população LGBTQIA+ é uma “M”, diz deputado

O deputado Jessé Lopes, do PSL, em post em suas redes sociais, rechaçou proposição de vereadora para instituir Semana de Combate à Violência contra a população LGBTQIA+.

O deputado estadual Jessé Lopes, do PSL, em post em suas redes sociais, rechaçou proposição da vereadora Paula Kelli Ferreira Faedo, a Paulinha Caramuru, do PL de Curitibanos. A proposta é de instituição de uma Semana de Combate à Violência contra a população LGBTQIA+.

Deputado Jessé Lopes  fez publicação contrária à proposta de criação de Semana de Combate à Violência contra a população LGBTQIA+.  Foto: Jeferson Baldo/Divulgação/NDDeputado Jessé Lopes  fez publicação contrária à proposta de criação de Semana de Combate à Violência contra a população LGBTQIA+.  Foto: Jeferson Baldo/Divulgação/ND

“Quando você estiver sem nada para propor, faça como a vereadora do PL de Curitibanos e proponha essa merda”, diz o posto do deputado que publica uma foto do projeto de lei.

O post classifica a população LGBTQIA+ como “c” ambulantes e diz que não representam nem 5% do total de homicídios no Brasil.

Post do deputado Jessé Lopes classifica como “merda”a proposição de uma semana de combate à violência contra a população LGBTQIA+ – Foto: Divulgação/Redes SociaisPost do deputado Jessé Lopes classifica como “merda”a proposição de uma semana de combate à violência contra a população LGBTQIA+ – Foto: Divulgação/Redes Sociais

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...