Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.


Vereador em SC critica motociata e diz que Bolsonaro deveria andar de lambreta

Líder do governo municipal fez sugestão ao considerar retrocesso a bandeira do voto impresso e auditável

Em contraste com a postura do prefeito Gean Loureiro (DEM), que tem evitado críticas, o líder do governo, Renato Geske (PSDB), tem sido contundente nos discursos contra Jair Bolsonaro. As críticas na tribuna são recorrentes.

Renato Geske – Foto: Picasa/NDRenato Geske – Foto: Picasa/ND

Na sessão desta segunda-feira (2), ao considerar retrocesso a defesa da bandeira do voto impresso e auditável, defendida em manifestação no fim de semana, ele soltou essa: “O presidente deveria fazer uma passeata de lambreta, e não de moto”.

Renato afirma, no entanto, que que suas manifestações não têm o objetivo de criticar o presidente, e sim o que considera a “falta de um projeto nacional”. Ele também destacou as altas sucessivas nos preços das bombas dos postos e questionou os gastos com segurança e combustível durante as motociatas.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...