Altair Magagnin

altair.magagnin@ndmais.com.br Não é só sobre política. É sobre o impacto das decisões públicas na tua vida. Jornalista profissional com experiência multimídia, acompanha os bastidores do poder e traz análises e notícias exclusivas. Siga @altamagagnin nas redes.


Além de aumento salarial, deputados estaduais têm cotas e auxílios; conheça os benefícios

Detalhamento está na aba “Atos Normativos”, no Portal da Transparência do Legislativo

Além dos salários, cujo reajuste foi aprovado nessa terça-feira (11), os deputados catarinenses ainda têm direito a outros benefícios. O detalhamento está na aba “Atos Normativos”, no Portal da Transparência do Legislativo.

Deputados estaduais catarinenses aprovam aumento no próprio salário a partir de 2019

Em resumo, cada gabinete parlamentar tem verba mensal de R$ 106,8 mil para contratar até 22 servidores. Além disso, o gabinete da presidência tem R$ 81,3 mil por mês para pagar até dez servidores e as secretarias da mesa têm R$ 24,1 mil mensais para atender até cinco servidores. Se não bastasse, as lideranças partidárias têm verbas escalonadas, que variam de acordo com o número de integrantes das bancadas. Vai de R$ 6,3 mil a R$ 63,6 mil mensais. Isso sem contar os auxílios alimentação, educação e saúde pagos aos servidores.

Aumento no salário dos deputados estaduais de SC impacta mais de R$ 2 milhões por ano

Não acabou, ainda há o cotão para despesas como combustíveis, contas telefônicas, diárias e passagens, entre outros. A cota é anual, o que dá uma média mensal de R$ 41,6 mil. Também não está nesse valor o subsídio para os deputados que usam o carro próprio e o auxílio-moradia pago aos parlamentares. As lideranças partidárias também têm direito a cotão, que varia de acordo com o número de deputados, de R$ 4,1 mil a R$ 12,5 mil por mês.

Redação final do projeto foi aprovada nesta terça-feira (11) - Eduardo Guedes/Agência AL/ND
Redação final do projeto foi aprovada nesta terça-feira (11) – Eduardo Guedes/Agência AL/ND

Loading...