Esplanada

Leandro Mazzini é jornalista, escritor e pós-graduado em Ciência Política pela UnB. Iniciou carreira em 1994 e passou pelo Jornal do Brasil, Gazeta Mercantil, Correio do Brasil, Agência Rio, entre outros. O blog é editado por Mazzini com colaboração de Walmor Parente e equipe de Brasília, Recife e São Paulo.


Aliados abandonam Cunha

Pularam da barca os principais aliados que até agora eram o motor da nau do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Pularam da barca os principais aliados que até agora eram o motor da nau do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O líder do PSDB, Carlos Sampaio (SP), e o da Minoria, Bruno Araújo (PSDB-PE), reuniram-se sigilosamente com o senador e presidente do partido, Aécio Neves. O primeiro sinal surgiu na reunião da tarde da última terça-feira, quando Cunha pauta a semana. Nenhum líder da oposição apareceu – são do PPS, DEM, PSDB, SDD. Depois Cunha abriu os trabalhos enfraquecido, com plenário quase vazio. 

Sem esperança

O PSDB protocolou o novo pedido de impeachment da presidente Dilma. Mas sem esperança. Com cargos, o Planalto conquistou os votos do PMDB, PP e outros neutros.

Magoou

A senhora Cunha, Cláudia Cruz, entrou em depressão. Tem dormido sob efeito de medicamentos.

Mi$tério

Maior empresa de investigação do mundo, que acha até pelo em ovo, contratada por R$ 1 milhão pela CPI da Petrobras, a Kroll não encontrou as contas de Cunha na Suíça.

Mês do pavor

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denuncia à Justiça Federal em Curitiba até dia 15 de novembro todo o grupo entregue pelo lobista Fernando Baiano – incluindo o presidente da Câmara. Nomes novos do Congresso Nacional como Eduardo Cunha, Delcídio Amaral entre outros congressistas.

Prévia

Moro tem decretado prisão de envolvidos na Lava Jato até dois meses após a denúncia à Justiça. Se Baiano entregou documentos na delação (só é válida com provas) e se ficar evidente que Cunha tem ligação com o esquema da Petrobras, não se descarta que o juiz peça a prisão da filha, Daniela, e da esposa do presidente da Câmara.

Terrorismo agrário

Passa de R$ 100 milhões o prejuízo da Araupel com a invasão do MST numa fazenda no Paraná. Os sem-terra destruíram plantação de pinus que seria extraído só em 20 anos.

Samba atravessado

Sem repasses do Ministério das Cidades, o prefeito ACM Neto corre risco de não entregar a Orla de Salvador para o Carnaval de 2016. Será a folia do canteiro.

Êpa, espera!

O presidente do Senado, Renan Calheiros, vai mudar a tramitação de MPs, em relação à votação dos ‘jabutis’, ou ‘contrabandos’ nas medidas provisórias que chegam da Câmara. São emendas incluídas por deputados ou os próprios senadores que nada têm a ver com o texto, e que beneficiam setores variados.

Agora, pode!

O pitoresco é que Renan leria a resposta a uma questão de ordem na última terça, mas o autor do pedido, senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) – que é contra ‘jabutis’ – pediu para esperar. Surpresa, ao revelar. É que uma MP votada na mesma terça tinha… um ‘jabuti’ do setor sucroalcooleiro, que beneficia produtores de todo o País. Caiado ficou preocupado com os goianos.

Mudança na delação

Com a CPI da Petrobras enterrada (creia, sem indiciados!), o deputado José Priante (PMDB-PA) vai ler o relatório e dele extrair algo para propor mudanças no instituto de delação premiada. Resta saber se para apertar mais os delatores ou acusados.

Prévia da desgraça

Um veterano lembra que as sessões de desagravo pedidas por enrolados em escândalos têm efeito contrário, se avaliado o histórico. Foi assim com Eduardo Cunha (na CPI mentiu sobre contas secretas), os ex-senadores Élcio Álvares e José Roberto Arruda, que renunciaram, e Demóstenes Torres; cassado. Todos se enrolaram na defesa prévia. 

Coleção

Pela primeira vez a Universidade Tecnológica do Paraná (UTFPR) concede um título de Doutor Honoris Causa. O agraciado é o senador Cristovam Buarque (PDT-DF).

Diário do protesto

O Revoltados Online ganhou aliado. Foi fundada a Associação Pátria Brasil, que pretende fazer protestos diários em Brasília. Seu presidente é o jovem Vinícius Siqueira.

Ponto Final

Dado a processar jornalistas, Eduardo Cunha inicia com sua defesa cerco aos veículos e jornalistas que divulgaram dados a seu respeito. Quer direito de resposta. 

Loading...