Bolsonaro pediu segurança da PF, prevista em lei para candidatos

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ), vítima de um ataque em Juiz de Fora (MG) nesta quinta-feira (6), foi um dos primeiros candidatos à Presidência a pedir à Polícia Federal, ainda no começo da campanha eleitoral, a segurança prevista em lei. 

Os candidatos é que solicitam a segurança da PF, de acordo com os eventos de que precisam participar.

Segundo a PF, nem todos os candidatos têm o costume de pedir o apoio dos policiais federais. 

A segurança proporcionada pela PF aos candidatos é assegurada em lei e cumprida por uma coordenação de defesa institucional vinculada à diretoria-executiva da direção geral da PF em Brasília. 

Em nota nesta quinta-feira (6), a PF confirmou que Bolsonaro utilizava segurança da PF no momento em que foi atacado por um homem armado com uma faca em Juiz de Fora.

+

Política

Loading...