Candidatos pedem para retirar púlpito vazio em solidariedade a Bolsonaro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A ausência dos principais candidatos desta safra eleitoral pautou o início do debate transmitido neste domingo (9) pela TV Gazeta.

“Em gesto de solidariedade a Jair Bolsonaro”, do PSL, os outros candidatos revogaram a regra do púlpito vazio, ou seja, o espectador não verá no ar a cadeira reservada ao capitão reformado, que está hospitalizado após sofrer um atentado quatro dias atrás.

Lula está proibido pela Justiça de se apresentar como presidenciável, e seu partido, o PT, ainda não apontou seu substituto – ao que tudo indica, Fernando Haddad.

O púlpito do nanico Cabo Daciolo (Patri), que avisou que estaria jejuando no Monte das Oliveiras e por isso não poderia ir ao confronto entre presidenciáveis, também foi retirado.

+

Política

Loading...