Cidades de SC registram protestos em apoio à democracia e contra o racismo

Florianópolis, Balneário Camboriú, Blumenau, Criciúma e Joinville registraram protestos durante o domingo (7)

Pelo menos cinco cidades de Santa Catarina registraram protestos pacíficos neste domingo (7). Houve atos em Florianópolis, Balneário Camboriú, Blumenau, Criciúma e Joinville. As manifestações apresentaram pautas contra o racismo e contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). 

Em Florianópolis, o protesto começou perto das 14h em frente à Catedral Metropolitana, no Centro da Capital. Os manifestantes carregavam cartazes contra o racismo, faixas com críticas ao governo federal e em favor da democracia.

Ato em Florianópolis, Capital – Foto: UFSC à esquerda/Reprodução/NDAto em Florianópolis, Capital – Foto: UFSC à esquerda/Reprodução/ND

O grupo também foi até o pé do Morro do Mocotó, que segundo eles a comunidade local tem sido constantemente atacada pelo Estado. 

De acordo com a PMSC (Polícia Militar de Santa Catarina), que acompanhou os protestos pelo setor de inteligência e policiamento local, cerca de 500 pessoas participaram da manifestação na Capital. Não houve registro de problemas, segundo a PMSC.

Balneário Camboriú 

Em Balneário Camboriú, no Litoral Norte, também teve registro de protesto neste domingo. Durante a tarde, manifestantes ocuparam a Praça Tamandaré com cartazes a favor da democracia e contra o racismo. O ato reuniu cerca de 300 pessoas.

Ato em Balneário Camboriú – Foto: BC/Notícias/NDAto em Balneário Camboriú – Foto: BC/Notícias/ND

Blumenau 

Outro ato contra o racismo, fascismo e o governo federal aconteceu em Blumenau, no Vale do Itajaí. Manifestantes se reuniram na Praça Dr. Blumenau, no Centro, por volta das 11h. A Polícia Militar diz que cerca de 80 pessoas participaram do ato.

Os manifestantes seguiram pelo Centro com cartazes contra a violência policial, contra o racismo, contra o presidente, violência contra a população indígena e a favor da democracia. Não houve registro de incidentes.

Joinville 

Manifestantes se concentraram na Praça da Bandeira, no Centro de Joinville, no Norte do Estado, por volta das 15h deste domingo. O ato durou uma hora e reuniu cerca de 50 pessoas, conforme a Polícia Militar, e 100, segundo a organização. A pauta foi contra o governo federal e contra o racismo. 

Criciúma

Também houve registro de protesto na manhã do domingo em Criciúma, no Sul do Estado. Cerca de 100 pessoas, com máscaras de proteção, percorreram as avenidas Centenário e Rui Barbosa até chegar na Praça Nereu Ramos onde teve uma roda de conversa. Eles exibiam cartazes contra as medidas adotadas pelo governo federal em meio à pandemia da Covid-19, contra o racismo e o fascismo.

Publicado por Patricia Nardini em Domingo, 7 de junho de 2020

02 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
  • Juliano Lages
    Juliano Lages
    "Eles exibiam cartazes contra as medidas adotadas pelo governo federal em meio à pandemia da Covid-19" Não entendi! Se o lema era "Fique em casa" e o governo federal permitia sair, o que essa turma de gente confusa foi fazer lá? Eles tem é que brigar com os governos estaduais que estavam algemando pessoas nas ruas e brincando de licitação super faturada. Bando de burguês safados! Gente trabalhadora não tem tempo pra isso.
  • Vera
    Vera
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

+ Política