Colombo sobre polêmica com Moisés: “Não há nada mais atrasado na política”

Ex-governador se pronunciou nas redes sociais e acusou atual chefe do executivo catarinense de tentar desconstruir seu trabalho junto à Ponte Hercílio Luz

O ex-governador Raimundo Colombo (PSD) publicou uma nota em suas redes sociais na noite desta segunda-feira (30) para se pronunciar sobre o debate em relação aos atritos entre ele e o atual chefe do executivo catarinense Carlos Moisés da Silva (PSL).

Ex-governador Raimundo Colombo é citado como o gestor que deu agilidade e efetividade às obras de restauração da Ponte Hercílio Luz – Foto: Flavio Tin/NDEx-governador Raimundo Colombo é citado como o gestor que deu agilidade e efetividade às obras de restauração da Ponte Hercílio Luz – Foto: Flavio Tin/ND

A polêmica ganhou força após Colombo afirmar não ter sido convidado para a cerimônia de reinauguração da Ponte Hercílio Luz, nesta segunda-feira, em Florianópolis.

No texto, Colombo acusa o atual governo de tentar desconstruir o trabalho realizado pela sua gestão na reforma da Ponte Hercílio Luz e enfatiza que “não há nada mais atrasado na política do que buscar o aplauso por algo que é feito com o dinheiro de quem paga imposto.”

Confira a publicação na íntegra:

+ Política