Paulo Alceu

Análises qualificadas e comentários assertivos acerca dos assuntos mais relevantes para os catarinenses.


Começando tudo novamente

O ex-prefeito Carlos Stupp anunciou que disputará a prefeitura de Tubarão, que ocupou durante dois mandatos

Pequeno detalhe

Quanto é determinado uma investigação ela nasce baseada em suspeitas e denúncias. Foi o que aconteceu em relação aos ferrosos. O que se espera da conclusão é a identificação dos culpados ou pelo menos responsáveis pelo que foi considerado irregular. O que ocorreu esta semana em relação à decisão da Secretaria da Segurança sobre a polêmica dos ferrosos, publicada em nota oficial, foi de que os suspeitos continuarão suspeitos, e alguns deles ficaram inclusive fora da lista. Vão responder processo administrativo prosseguindo em suas atividades de origem. Ou seja, a investigação não foi concluída. Pelo menos não se chegou a nenhuma responsabilidade, apenas suspeições, assim como começou todo esse trabalho. Que a bem da verdade, concluiu o que se suspeitava desde o início. Resumindo: ficou tudo na mesma. Resta esperar a conclusão, agora, do processo disciplinar administrativo, até para localizar se realmente houve culpados e quem são…

Estratégia

Na semana que vem a oposição terá munição suficiente para criar alguns embaraços ao governo e a base governista referentes à criação da CPI da Segurança Pública. Há quem diga que caso seja incluído o Detran, por conta das investigações dos ferrosos, é bem possível que as assinaturas, que estão em nove, alcance as 14 necessárias. O tema continua latente e pouco claro. A investigação continua no patamar das suspeitas em apontar responsabilidades e muito menos aplicar alguma punição. Os fatos mantêm algumas dúvidas, que no campo da política são suficientes para a criação de discursos em volume elevado.

À volta

Depois da decepção de não alcançar em Tubarão, em 2010, os votos necessários para conquistar uma cadeira na Assembleia, o ex-prefeito Carlos Stupp anunciou que disputará a prefeitura da cidade, que ocupou durante dois mandatos. Manoel Bertoncini, hoje prefeito, queria Stupp na campanha, já que não vai tentar a reeleição para dedicar se ao tratamento contra o câncer. O tucano pretende atrair o apoio do PSD, mas garantiu que não tem volta, mesmo que concorra em chapa pura. Do outro lado, o deputado Edinho Bez, do PMDB.

Divulgação/ND

Coligações 

Estão se intensificando as conversas para a formação de alianças visando às eleições de outubro. Em Florianópolis esta semana os pré-candidatos César Junior e João Amin estiveram na sede do PSC, com Adelor Vieira, conversando também com o DEM, de Doremi Caramori, e o PPS de Gabriel Kazapi. A fisionomia dos companheiros de chapa João Amin e César Junior, registrada pela foto, parece que a conversa não evoluiu…mas até um semblante de abatimento pode ser desconsiderado em política, onde tudo é possível.

Firme

Na próxima terça-feira, na Comissão de Assuntos Econômicos, quando defender uma compensação para os Estados de Santa Catarina, Espírito Santo e Goiás, prejudicados com a unificação das alíquotas de ICMS nas operações interestaduais de mercadorias importadas, o senador Luiz Henrique vai advertir o governo “que a intransigência poderá rachar de forma irreversível a base de sustentação no Congresso, diante da humilhação imposta a esses Estados.” Defende o diálogo e a volta as negociações. Segunda-feira o governador Raimundo Colombo volta a falar com o ministro da Fazenda, Guido Mantega.

Empenhado

Assim que anunciou que vai disputar a Prefeitura de Joinville, o deputado federal Marco Tebaldi montou um roteiro e começou a colher sugestões para seu plano de governo. As reuniões em bairros da cidade estão sendo denominadas “Somos Todos Joinville. Um Programa Feito Por Nós”. Num desses encontros, Tebaldi registrou o apoio de um cidadão espanhol que disse que não poderá votar nele, mas toda a família votará. O tucano está em plena atividade. Só que terá que cuidar para não tropeçar na Lei Eleitoral.

Tuitando

@ Comentário captado na Assembleia: “O Grubba (secretário de Segurança Cesar Grubba) é muito certinho. Não tolera desvios e erros. Age com correção e determinação. E além de tudo não tem o ranço da política.”

@ A leitora Telma Lopes, de São José, pergunta ao secretário da Administração, Milton Martini, se ele é usuário do SC Saúde ou da Unimed, pela Secretaria da Fazenda, já que é fiscal. “Elogiar o SC Saúde usando a Unimed é fácil…”

@ Recebeu parecer favorável o projeto do senador Paulo Bauer que determina a identificação na matricula das pessoas autorizadas a entrar em escolas para buscar ou tratar de assunto dos alunos. Uma dificuldade a mais para evitar que se repita o massacre do Realengo (RJ), quando um ex-aluno matou 12 estudantes.

@ Toma lá dá cá. Em troca de um cargo para a família, o partido hipoteca apoio. O PDT vai seguir com Gean Loureiro na eleição em Florianópolis. Enquanto isso, Dalva de Luca Dias assume a Secretaria de Assistência Social do município.

@ A queda da árvore que ficava na esquina da Esteves Junior com a avenida Rio Branco, na Capital, não deixa de ser um alerta para a Floram. A preservação passa por uma constante fiscalização da saúde de cada árvore na cidade. Menos mal que não atingiu ninguém.

Divulgação/ND

União de esforços 

Na semana que vem o secretário João Mattos se reunirá com o vice-presidente Michel Temer. O encontro foi costurado pelo ex-governador, Paulo Afonso, que hoje atua ao lado de Temer, em Brasília. A proposta é formatar ações conjuntas de interesse do Estado que possam ter o apoio do vice-presidente. “A aproximação já existe e agora vamos buscar somar mais esta parceria”, destacou Mattos que junto com Paulo Afonso coordenou a campanha de Dilma e Temer em Santa Catarina. Certamente fará a diferença.

E a Vida Segue

Será que o “acordo” para que o coronel Fernando Menezes assumisse o comando da PM, num segundo tempo do governo Raimundo Colombo, será mantido…ele estava na lista dos indicados quando foi confirmado o coronel Nazareno.