Conselho de Ética abre processo contra senador Demóstenes Torres

Senador Demótenes Torres desfiliou-se do DEM e será julgado pelo Conselho de Ética do Senado

Atualizado às 17h56

O Conselho de Ética do Senado decidiu, na manhã desta terça-feira, abrir processo contra o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) por quebra de decoro parlamentar. A decisão foi anunciada pelo senador Antônio Carlos Valadares (PSB-ES) e atende a representação do PSOL contra Demóstenes. Segundo Valadares, a representação atende todos os requisitos do Senado para ser instalada.

Ao mesmo tempo que Demóstenes será julgado no Senado, a instalação de uma CPI mista (Câmara e Senado) ganhou força. Senadores colhem assinaturas para investigar o envolvimento de parlamentares e autoridades com o empresário Carlos Cachoeira, suspeito de explorar jogos ilegais. 

A CPI já teria apoio das bancadas do PSDB e do PT no Senado e fortaleceu-se com a negativa do STF (Supremo Tribunal Federal) em enviar a íntegra do inquérito da Polícia Federal sobre Cachoeira ao Senado. 

Leia mais em www.R7.com

Acesse e receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Política