Esplanada

Leandro Mazzini é jornalista, escritor e pós-graduado em Ciência Política pela UnB. Iniciou carreira em 1994 e passou pelo Jornal do Brasil, Gazeta Mercantil, Correio do Brasil, Agência Rio, entre outros. O blog é editado por Mazzini com colaboração de Walmor Parente e equipe de Brasília, Recife e São Paulo.


Consumidor do Rio está esperançoso, aponta pesquisa da Fecomércio

Os 57,3% dos entrevistados acreditam que a renda vai aumentar

O presidente da Fecomércio do Rio de Janeiro, Antônio Queiróz, está fechando o ano com uma boa notícia para o setor: pesquisa exclusiva que será divulgada hoje aponta que os fluminenses estão com boas expectativas para 2019.

Segundo relata, 57,3% dos entrevistados acreditam que a renda vai aumentar. “Depois de um ano muito difícil, ver o consumidor esperançoso reforça o otimismo do empresariado”, disse Queiróz com exclusividade para a Coluna.

A Fecomércio ouviu 1207 pessoas entre os dias 13 e 16 de dezembro na capital e municípios do Estado.

Senado vai alegar independência de Poder para manter votação secreta

A Advocacia do Senado irá alegar “independência e harmonia de poderes” no recurso que será apresentado ao STF para tentar reverter a decisão do ministro Marco Aurélio Mello que determinou que a eleição para a presidência da Casa seja aberta.

A liminar foi deferida a partir de um mandado de segurança protocolado pelo senador Lasier Martins (PSD-RS). O parlamentar afirma que a decisão de Marco Aurélio confirma que “a transparência venceu a velha política”.

PT quer reunir 500 em ceia de Natal ‘com Lula’ em frente à PF

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann (PR), dirigentes do Partido da Causa Operária (PC do B) e outras legendas que defendem a libertação do ex-presidente Lula da Silva esperam reunir 500 pessoas na ceia da Vigília Lula Livre, dia 31, em frente à sede da Polícia Federal de Curitiba.

Ontem, depois de o presidente do STF, Dias Toffoli, derrubar a decisão do ministro Marco Aurélio que poderia libertar Lula, parlamentares petistas fizeram vigília em frente à PF e voltaram a criticar o Judiciário.

“O que aconteceu não é um fato qualquer. O presidente Lula mais uma vez sofre as consequências de tudo aquilo que ele representa”, diz Paulo Pimenta (RS), líder do partido na Câmara.

Saído

Antônio Claret espalha que pediu demissão da Infraero. Mas a verdade que taxia nos corredores da estatal é que o ex-presidente foi demitido após reunião do Conselho diretor. Claret estava forçando uma aproximação com os militares que vão mandar na Infraero no iminente Governo Bolsonaro, conforme a Coluna publicou.

 Pacífico

Apesar de ser eleitor e admirador de Fernando Haddad, além de amigo de Lula, Agnaldo Timóteo diz que não vai fazer oposição “ferrenha” a Jair Bolsonaro: “Ele é de direita assumido, mas tem carisma. Só não gosto do Moro, que sempre foi PSDB e não sei por qual motivo aceitou um cargo no governo do PSL”.

Loading...