Conurb questiona número de funcionárias que trabalham na Cartão Joinville

A Conurb (Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Joinville) prepara uma nova ação na justiça contra a empresa Cartão Joinville. O motivo agora são denúncias de que apenas 30% das funcionárias da empresa estariam trabalhando nas ruas. Isto refletiu diretamente no trabalho executado na abrangência do centro. Motoristas reclamam que esperaram por mais de 20 minutos para tentar encontrar alguma funcionária para comprar o cartão. Quando retornaram das atividades como de pagar a conta num banco, encontraram a multa nos veículos.

Revolta
Isto gerou as revolta dos motoristas que procuraram a Conurb para pedir providências urgentes. A ação gera expectativa de que o serviço de fiscalização do estacionamento rotativo não é realizado devidamente e prejudica diretamente a arrecadação com o serviço.

Bronca
Outra bronca da Conurb é com relação às obras de empresas particulares que estão sendo realizadas no Centro de Joinville. O acordo para que uma sinalização eficaz seja instalada nos locais alertando os motoristas não foi cumprido. É o caso de uma obra na rua Blumenau em frente do Hospital Dona Helena.

Mobilização
Neste sábado (14/4) o PT mobiliza sua base após a definição dos delegados municipais. Com 60% de delegados eleitos que apoiam o prefeito Carlito Merss e 40% que defendem o vereador Adilson Mariano, o encontro petista deve terminar em consenso. Carlito será indicado para concorrer a reeleição, mas terá que atender também as reivindicações da ala de Mariano dentro do programa de governo.

Abraçados
Apesar de diferenças políticas internas, o PT de Joinville deixará unido o encontro de sábado. É uma tradição petista resolver questões em casa e partir para uma eleição sem divisões. Isto faz a diferença numa disputa que promete ser uma das mais acirradas da história de Joinville. “O PT seguirá unido para a eleição municipal. Divergências serão deixadas em nome de um projeto maior”, disse Irio Correa, presidente municipal do PT.

Licitação
Nesta quinta-feira (12/4) será publicada a licitação para a concessão da administração do Parque da Expoville, conforme informou a presidente da Promotur, Maria Ivonete Peixer. A empresa que assumir terá que fazer um investimento de R$ 30 milhões para adequações dos pavilhões Wittich Freitag e Nilson Bender, do restaurante, moinho e casa enxaimel; a construção do Centro de Convenções e melhorias dos acessos viários e a reestruturação e revitalização do parque de lazer.

Período
A concessão de uso e exploração comercial do Complexo da Expoville será pelo prazo de 25 anos. Para evitar a fuga de recursos, a licitação estipula que o valor dos recursos investidos durante o período da concessão sejam aplicados no próprio local, incorporando-se ao patrimônio público, sem direito de retenção ou indenização.

Prejuízos
Em 2009 o custo para manter a estrutura da Expoville foi de R$ 545 mil. Praticamente o que foi arrecadado não deu para cobrir as despesas. Em 2010, o custo do uso da estrutura chegou a R$ 953 mil e o valor arrecadado cobriu 98% desta despesa. Somente com manutenção o custo anual é de R$ 425 mil, mais R$ 120 mil de limpeza e R$ 256 mil em reformas.

Reverter
O vereador de Penha, Jefferson Ademir Custódio (PSDB), está encabeçando a “Frente Nacional por Mais Recursos para a Saúde”. O trabalho consiste na coleta de assinaturas para elaboração de um projeto de lei de iniciativa popular, na Assembleia Legislativa do Estado para redefinir os repasses para o Sistema Único de Saúde. Para que o documento chegue ao Congresso Nacional, o projeto precisa ter, pelo menos, 1,4 milhão de assinaturas (1% do eleitorado nacional).

Emenda
“A emenda aprovada pelo governo federal causou uma perda de R$ 35 milhões para a saúde do povo catarinense. Precisamos mostrar nossa força para alterar esse índice”. Jefferson Ademir Custódio, vereador do PSDB de Penha

Pré-lançamento
Em São Francisco do Sul foi confirmada a pré-candidatura a prefeito do médico Walmor Berreta pelo PSD. A intenção de Walmor é de ampliar a coligação com mais partidos para uma frente política.

Convenção
Marcada para o próximo dia 21 de abril, a convenção do PDT e a eleição do novo diretório deverá ter uma disputa acirrada. De um lado o ex-secretário municipal da Habitação Alcione Gomes, que defende a aliança com o prefeito Carlito Merss (PT). Do outro, o atual presidente do PDT, Rodrigo Bornholdt e o vereador James Schroeder que defendem a candidatura própria do advogado Rodrigo Coelho.

Banheiros
Através de projeto protocolado no final do mês de março, o vereador Jucélio Girardi (PMDB) propôs que toda obra que perdurar por mais de dois dias na cidade de Joinville deverá ter um banheiro químico disponível para cada 15 trabalhadores, respeitando a destinação para uso feminino, masculino e pessoas com deficiência e mobilidade reduzida, bem como ser posicionado em local estratégico, porém discreto e distante do logradouro público.

Curso de gestão
Começa na próxima segunda-feira (16), em Joinville, o primeiro módulo Curso de Gestão de Negócios no Varejo e Serviços, que irá apresentar uma visão do planejamento estratégico para o comércio. Promovido pela CDL Joinville, o curso completo é dividido em quatro módulos independentes. As aulas são realizadas nas segundas e quartas, no horário das 19h30 às 22h30.

Aprendizado
O Curso de Gestão de Negócios no Varejo e Serviços é destinado a gestores, gerentes e líderes de empresas comerciais e todas as pessoas que atuam ou pretendem atuar no comércio varejista. De acordo com a coordenadora do Centro de Treinamento da CDL Talentos, Gisele de Oliveira Werner, o participante terá noções de Gestão de Pessoas e Operações, Gestão de Marketing e Vendas.

Recuperação
A Conurb institui o Programa de Recuperação de Créditos, destinado a estimular a quitação dos débitos. O programa proporcionará o pagamento incentivado para débitos de contratos administrativo de concessão, de atos de permissão e autorização, e de aluguéis explorados pela Conurb gerados até o dia 31 de dezembro de 2011.

Parcelamentos
Os débitos inadimplidos pagos a vista até o dia 20 de maio terão redução de 95% de multa e de juros. Pagamentos efetuados até o dia 20 de junho terão desconto de 80%. No caso de parcelamento em até 12 meses e com adesão efetuada até o dia 20 de junho o desconto nos juros e multas será de 50%. Parcelamento em até 24 meses com adesão até 20 de junho o desconto será de 20%. A adesão é feita através de requerimento onde é necessário indicar o débito que deseja. Os interessados deverão procurar a Conurb.