Em primeira inserção, Marina foca eleitorado feminino ao tratar de sua trajetória

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Na primeira aparição eleitoral na televisão, prevista para ir ao ar na noite desta sexta-feira (31), Marina Silva priorizou sua trajetória e mirou seu principal alvo na campanha, o eleitorado feminino.

“Sou Marina Silva, sou mulher, negra, sou casada, mãe de quatro jovens e professora. Fui seringueira, senadora, ministra. Com seu voto, serei presidente do Brasil”, afirma a presidenciável da Rede no vídeo. A candidata tem martelado sua história de superação e sua condição de mulher e mãe, para se contrapor aos principais rivais, todos homens.

A ex-senadora é a segunda colocada nas pesquisas eleitorais em cenários sem o ex-presidente Lula, com 16% de intenção de voto. Na televisão, porém, ela terá apenas 21 segundos no horário eleitoral e 29 inserções de 30 segundos.

Além da imagem de Marina, que aparece toda vestida de amarelo (cor da campanha junto com o verde), uma sequência de letreiros com os dizeres “o futuro que nós queremos” completa o vídeo, programado para o intervalo das emissoras de TV.

Uma versão para WhatsApp foi repassada pela coordenação da campanha, com o pedido de que os voluntários compartilhem. Isso faz parte da estratégia de disseminação digital de Marina, que, com pouco tempo de TV, aposta nas redes sociais.

+

Política

Loading...