José de Abreu critica PT após decisão contra afastamento de Aécio

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O ator José de Abreu tem usado o Twitter para se manifestar contra decisão da Executiva Nacional do PT de votar contra o afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG). O STF (Supremo Tribunal Federal) foi responsável pela resolução que impôs ao tucano afastamento do mandato e recolhimento noturno.

José de Abreu, que costuma defender o partido, disse que “depois do golpe não há mais Constituição”, que “votar contra Aecio é legítima defesa” e que “acreditar no Conselho de Ética é o mesmo que acreditar na isenção da Lava Jato”.

Conforme noticiou a Folha de S.Paulo, senadores devem barrar a decisão contra Aécio, preocupados com o próprio destino, já que muitos também são investigados. Os parlamentares, assim como o PT, afirmam que o afastamento não tem respaldo na Constituição.

Em nota, a legenda afirmou que Aécio é “um dos maiores responsáveis pela crise política e econômica do país e pela desestabilização da democracia brasileira”, mas que “a resposta da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal a este anseio de Justiça foi uma condenação esdrúxula, sem previsão constitucional, que não pode ser aceita por um poder soberano como é o Senado Federal”.

Após o posicionamento do STF, o PT entrou com uma representação no Conselho de Ética do Senado contra Aécio por quebra de decoro parlamentar.

+

Política

Loading...