Lucas Esmeraldino anuncia saída do PSL

Anúncio da desfiliação foi publicado na noite deste domingo (24)

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Lucas Esmeraldino, anunciou na noite deste domingo (24) a desfiliação do PSL, partido que já presidiu e pelo qual concorreu ao Senado em 2018.

Nos bastidores políticos, a expectativa é que Esmeraldino deixe o cargo no governo Carlos Moisés (PSL) nos próximos dias. A pressão cresceu após a revelação de indicações de familiares em cargos públicos e irregularidades em contratações no porto de São Francisco do Sul.

Anúncio foi publicado numa rede social na noite do domingo  – Foto: Instagram/Reprodução/ND

Esmeraldino afirmou que deixa o PSL “com a sensação de missão cumprida”. “Quando me filiei à sigla, recebi a missão de estruturar, em menos de seis meses, o partido no Estado e, especialmente, de mudar a forma de se fazer política. Foi o que aconteceu. Alcançamos os objetivos”, disse.

Leia também:

“Entregamos o melhor resultado do país. Com o aval e apoio do nosso presidente Bolsonaro, estruturamos um partido praticamente desconhecido pelos catarinenses e formamos um time de entusiastas e guerreiros que ajudou a fazer quatro federais, seis estaduais, um governador, sua vice e, por muito pouco, não consegui ser eleito senador”, afirmou.

Esmeraldino também comentou que parte agora para “mais um desafio”. No texto, postado nas redes sociais, Esmeraldino marcou os perfis do presidente Jair Bolsonaro e do deputado federal Eduardo Bolsonaro.

+

Política