Altair Magagnin

altair.magagnin@ndmais.com.br Não é só sobre política. É sobre o impacto das decisões públicas na tua vida. Jornalista profissional com experiência multimídia, acompanha os bastidores do poder e traz análises e notícias exclusivas. Siga @altamagagnin nas redes.


Luiz Felipe Ferreira será secretário da Controladoria-Geral do Estado

Doutor acompanha Carlos Moisés desde o início da transição e é responsável por organizar a reforma administrativa

Coordenador da equipe de transição e chefe do grupo responsável por organizar a reforma administrativa do governo Carlos Moisés (PSL), o professor Luiz Felipe Ferreira será anunciado como secretário da Controladoria-Geral do Estado. Outro nome confirmado é da advogada Naiara Czarnobai Augusto, para o escritório de Integridade e Governança, que será criado e vinculado diretamente ao gabinete do governador. Tanto a CGE quanto o escritório são estruturas que seguem a determinação do governo de ampliar a transparência na gestão pública. A definição dos nomes ocorreu na sexta-feira. 

Carlos Moisés e Luiz Felipe Ferreira - Marco Santiago/ND
Carlos Moisés e Luiz Felipe Ferreira – Marco Santiago/ND

Enquanto todos os nomes da equipe de Carlos Moisés eram um absoluto mistério, esta coluna revelou em primeira mão a participação de Luiz Felipe Ferreira no grupo. Foi a partir dele que todo o trabalho técnico do governo passou a se desenvolver.

Ferreira é graduado em Ciências Contábeis pela Univali, mestre e doutor pela UFSC. É professor-adjunto do Departamento de Ciências Contábeis e do Programa de Pós-graduação em Contabilidade da UFSC, onde ocupou cargos de coordenação. Conforme informações publicadas no Currículo Lattes, Ferreira “tem experiência na área de administração, com ênfase em contabilidade financeira e gerencial” e atuação em “contabilidade da gestão socioambiental, evidenciação ambiental, e governança tributária auditoria ambiental”.

Loading...