Márcio França diz que Doria é candidato gangora

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O governador e candidato à reeleição em São Paulo, Márcio França, chamou João Doria (PSDB) de “candidato gangorra” e destacou o apoio que tem recebido de aliados do deputado Jair Bolsonaro (PSL).

“Ninguém quer apoiar o Doria. Por isso, digo que o Doria é um candidato gangorra, ele entra de um lado e a pessoa levanta do outro”, afirmou durante encontro com evangélicos da Assembleia de Deus em Jaú, no interior de São Paulo.

“O Doria traiu ao Geraldo Alckmin, traiu os amigos dele, não tem ninguém praticamente apoiando ele. Eu tive apoio do Skaf, do Major Olímpio, que foi o senador do Bolsonaro. Não tenho nenhum tipo de ódio, de nenhum tipo de partido e de nenhum tipo de pessoa. Se todos quiserem me apoiar, é claro que eu aceito”, completou.

Em resposta à declaração de Bolsonaro de que recebia apoio do PT de forma velada, França afirmou que a decisão do PSB é diferente em cada diretório e que ele tem posição contrária a da sigla.

“O meu partido tem diversos diretórios no país. O Diretório de Pernambuco fez um acordo com o PT nessa eleição que resultou, inclusive, na vitória deles lá. A posição de São Paulo sempre foi contrária, por isso que a gente resistiu e não teve apoio. Aqui liberaram o diretório pela força que eu tenho”, disse.

+

Política

Loading...