Mauro Mendes, do DEM, vence no primeiro turno em Mato Grosso

CUIABÁ, MT (FOLHAPRESS) – O empresário e ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes Ferreira (DEM), confirmou as estimativas dos principais institutos de pesquisa e foi eleito governador de Mato Grosso neste domingo (7).

Com 92% das urnas apuradas, Mendes obteve 58,81% dos votos, ante 18,89% do atual governador, Pedro Taques (PSDB) e 19,58% do senador Wellington Fagundes (PR). Os candidatos Arthur Nogueira (Rede) e Moisés Franz (PSOL) somaram menos de 2%.

Aos 54 anos, o goiano de Anápolis chega ao comando do Palácio Paiaguás, sede do governo no estado, com a promessa de superar as crises econômica e fiscal que marcaram o mandato de seu ex-aliado Pedro Taques, que tentava a reeleição.

Proprietário de uma indústria metalúrgica e com investimentos na área de construção, energia e mineração, Mendes assumiu seu primeiro cargo público em janeiro de 2013, após ganhar no primeiro turno as eleições para a prefeitura da capital, Cuiabá.

Antes disso, já havia disputado sem sucesso eleições para prefeito (2008) e governador (2010). Em 2016, surpreendeu aliados ao anunciar, às vésperas do início da campanha, que não seria candidato à reeleição. A aprovação de sua gestão beirava os 80%.

À ocasião ele negou que a desistência tivesse relação com um eventual desejo de disputar o governo neste ano e citou “aspectos exclusivamente pessoais e familiares”. “Fiz a opção pela minha família”, afirmou, em nota.

Neste ano, Mauro deixou o PSB para se filiar ao DEM, que então ainda fazia parte do núcleo duro da base aliada de Taques. Em julho, após anunciar o rompimento com o governador, o partido lançou Mendes, em uma composição com MDB, PDT, PSD, PHS, PSC e PMN.

“Eu também apoiei e acreditei [em Taques], como muitas pessoas acreditaram, mas o resultado é lamentável”, disse Mendes à ocasião, ao justificar seu afastamento do atual governador.

Na campanha, nada sobrou da antiga aliança e as trocas de acusações foram constantes até o último momento.

Com o governo mal avaliado e uma expressiva taxa de rejeição, Taques se torna o primeiro governador do estado a tentar e não conseguir se reeleger.

Mauro Mendes mora em Cuiabá desde 1981, é casado com Virginia Mendes e tem três filhos. É formado em engenharia elétrica pela UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso).

Durante seis anos, Mauro foi presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso (FIEMT) e vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

+

Política

Loading...