MP classifica como “lamentável” a situação da saúde pública em Joinville

A Promotora dos Direitos Humanos Simone Schulz, esteve na Câmara de Vereadores na reunião conjunta das comissões da Saúde e Participação Popular, onde abordou o precário estado da saúde pública de Joinville. Com apenas oito meses de atuação na cidade, a promotora entende que a prestação de serviço em termos de saúde à população é “lamentável”.

Mantida ação
Sobre os atendimentos oftalmológicos no Hospital Bethesda e que foram suspensos por suspeitas de irregularidades entre a instituição e uma clínica, a promotora garante que manterá decisão e reforçará ações judiciais. Simone também não poupou Hospital Regional Hans Dieter Schmitd, que na sua opinião tem estrutura física, mas não existe equipe médica e de enfermagem especializada. “Entrei com ação sobre o término das filas de cirurgias em seis meses, mas não há cirurgiões nos hospitais. Se não for feito nada agora, teremos um cenário de fechar as portas da saúde pública de Joinville”, disse a promotora Simone Schulz.

Sem afastamento
O presidente da Acij (Associação Empresarial de Joinville), Udo Döhler, não pensa em pedir afastamento do cargo, apesar de ser pré-candidato a prefeito pelo PMDB. Isto tem gerado críticas ferrenhas dos adversários que entendem que Udo estaria se aproveitando do cargo para se promover politicamente.

Faixa
Moradores do bairro Anita Garibaldi pedem que seja pintada a faixa de segurança para pedestres na rua Eugênio Moreira esquina com a rua Padre Kolb. Outro problema é que neste cruzamento existe uma manilha que separa as ruas e atrapalha a visão dos motoristas.

Isenção
Tornar isento de cobrança de impostos qualquer prédio de propriedade ou não da entidade religiosa, incluídas suas atividades necessárias e complementares, como as de cunho educacional e assistencial. Esta é a proposta da vereadora Zilnete Nunes (PP) que defende que os imóveis alugados para fins religiosos não sofram a cobrança do IPTU. A atual norma não isenta a entidade religiosa que não teve condições de adquirir imóvel próprio, tendo que alugar um local para praticar suas atividades.

Vício de Origem
Apesar da intenção de igualdade do projeto, a Procuradoria do Município adverte que poderá existir vício de origem na proposta. Ocorre que somente o Executivo é quem pode avaliar e promover projetos de cunho tributário. O projeto será analisado na próxima semana na comissão de Justiça da Câmara de Vereadores, onde poderá receber o parecer da assessoria jurídica a favor ou contra.

Fórum
Foi confirmada a realização do Fórum Estadual de Saúde nos dias 28 e 29 de maio na Câmara de Vereadores de Joinville. A programação contará com palestras de técnicos do Ministério da Saúde, auditores do SUS e médicos especializados em diversas áreas. Com o tema “A saúde tem remédio”, o evento busca soluções para o setor em Joinville.

Braços abertos
O presidente do DEM, vereador Alodir Cristo, disse que se o PSD não conseguir tempo de televisão e rádio para os programas eleitorais gratuitos, não descarta de recebeu alguns rebeldes de volta ao ninho dos democratras. O primeiro da lista seria o deputado estadual Darci de Matos.

Sábado Mais
A CDL promove o Sábado Mais, quando os estabelecimentos comerciais estarão abertos das 8h às 18h. O objetivo é movimentar o comércio da cidade com ofertas especiais.

Licitação
Já está disponível a licitação para a concessão do Parque da Expoville no site da Prefeitura de Joinville. Regras importantes para que empresas se cadastrem para administrar o complexo.

Bloqueadores
O deputado Darci de Matos (PSD) protocolou indicação ao governador Raimundo Colombo e à secretária de Justiça e Cidadania, Ada De Luca, pedindo urgência na instalação de bloqueadores de celular em todos os presídios e penitenciárias do Estado. Ele explica que não basta apenas encarcerar o apenado, é preciso cortar o seu contato com o exterior pelos meios eletrônicos.

Rodada
Várias empresas-âncoras já confirmaram presença na 8ª Rodada de Negócios da Ajorpeme, dia 26 de abril, das 9 às 17h30, no hotel Mercure Joinville Prinz, em Joinville. Estão confirmadas as participações de Arcelor Mittal, Athletic, Brascola, Círculo, Ciser, Dânica, Diklatex, Fremax, Oxford, Univille, Transjoi, Schulz, Termotécnica, Marcegaglia, Víqua, Wetzel, Whirlpool. São esperadas 90 empresas e a promoção de 300 encontros de negócios.