‘Não é ruim, não’, diz Mourão, sobre Collor candidato à presidência do Senado

Segundo a assessoria de imprensa de Collor, o presidente da República, Jair Bolsonaro ligou para ele com o objetivo de desejar boa sorte no pleito

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, disse que o senador Fernando Collor (PROS-AL) não é um nome ruim para o comando do Senado. Ao ser questionado por jornalistas sobre a candidatura de Collor para o posto, Mourão respondeu: “É um homem de experiência, foi presidente do Brasil. Não é ruim, não.”

Mais cedo, ao ser perguntado se Renan Calheiros (MDB-AL) seria um bom nome para presidir o Senado, Mourão disse: “Acho que é indiferente. Não tem problema.” O senador Fernando Collor foi o primeiro a formalizar candidatura para a presidência do Senado.

O ex-presidente da República vinha fazendo mistério sobre sua intenção de disputar o pleito. Até mesmo integrantes de seu partido não sabiam dizer se ele, de fato, seria ou não candidato. Collor também não tem participado das reuniões entre os candidatos que fazem oposição ao senador Renan.

Segundo a assessoria de imprensa de Collor, o presidente da República, Jair Bolsonaro ligou para ele com o objetivo de desejar boa sorte no pleito.

(Tânia Monteiro e Renan Truffi, Brasília)

Acesse e receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Política

‘Não é ruim, não’, diz Mourão, sobre Collor candidato à presidência do Senado

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, disse que o senador Fernando Collor (PROS-AL) não é um nome ruim para o comando do Senado. Ao ser questionado por jornalistas sobre a candidatura de Collor para o posto, Mourão respondeu: “É um homem de experiência, foi presidente do Brasil. Não é ruim, não.”

Mais cedo, ao ser perguntado se Renan Calheiros (MDB-AL) seria um bom nome para presidir o Senado, Mourão disse: “Acho que é indiferente. Não tem problema.”

O senador Fernando Collor foi o primeiro a formalizar candidatura para a presidência do Senado.

O ex-presidente da República vinha fazendo mistério sobre sua intenção de disputar o pleito. Até mesmo integrantes de seu partido não sabiam dizer se ele, de fato, seria ou não candidato.

Collor também não tem participado das reuniões entre os candidatos que fazem oposição ao senador Renan.

Segundo a assessoria de imprensa de Collor, o presidente da República, Jair Bolsonaro ligou para ele com o objetivo de desejar boa sorte no pleito.

(Tânia Monteiro e Renan Truffi, Brasília)

+

Notícias