Esplanada

Leandro Mazzini é jornalista, escritor e pós-graduado em Ciência Política pela UnB. Iniciou carreira em 1994 e passou pelo Jornal do Brasil, Gazeta Mercantil, Correio do Brasil, Agência Rio, entre outros. O blog é editado por Mazzini com colaboração de Walmor Parente e equipe de Brasília, Recife e São Paulo.


Pedido de prisão de Lula – por que oposição criticou MP

O Ministério Público de São Paulo conseguiu unir políticos da base e oposição a Lula com o pedido de prisão do ex-presidente. A gritaria não é apoio ao petista, é receio de um precedente.

O Ministério Público de São Paulo conseguiu unir políticos da base e oposição a Lula com o pedido de prisão do ex-presidente. A gritaria não é apoio ao petista, é receio de um precedente. Envolve o temor com a decisão do STF sobre detenção imediata (mesmo com recursos protelatórios) de quem é condenado em segunda instância. Para ex-mandatários, se a Justiça em primeiro grau acolhe denúncia e condena alguém, há grande risco de a decisão não se reverter nos tribunais. É cela para qualquer um.

Demanda travada

O PMDB avisou que decide em 30 dias se fica ou sai do Governo. É o tempo de seus expoentes negociarem com os ministros do Planalto os cargos nas estatais nos Estados.

‘Renovação’

Na convenção, o PMDB filiou a deputada Janaína Riva apostando na renovação. É filha do detento ex-presidente da Assembleia do MT José Riva, o maior ficha-suja do Brasil.

Delcídio Delações S.A.      

Quem leu a delação premiada de Delcídio do Amaral (PT-MS) crava que a PF visitará o gabinete de seis senadores. Por isso o petista se mandou de Brasília, com licença médica

Fugitivo $edex

Está foragido da Justiça e da Polícia Federal o empresário Alexej Predtechensky (gestão 2002-2011), ex-diretor do Postalis, o assaltado fundo bilionário (por ora) dos funcionários dos Correios. A PF não o localiza desde a operação do dia 17 de dezembro. O PMDB do Senado é o ‘padrinho’ dos principais membros do conselho há anos.

PDT na moita

Houve mudança na Diretoria Executiva do Postalis. Saiu o diretor-presidente Antonio Carlos Conquista, substituído por Paulo Furtado. Em junho, será eleito o novo diretor Administrativo-Financeiro. O PDT, que agora manda nas Comunicações e nos Correios, está de olho na vaga – os conselhos são redutos de indicados do PT e PMDB.

Cartão vermelho

No HC que revogou a condução coercitiva do presidente interino da CBF, Coronel Nunes, para depor na CPI do Futebol, o ministro do STF Teori Zavascki enquadrou o senador Romário, presidente da comissão. Fez questão de lembrar que a CPI pode instruir o processo, mas não tem poder de processar e julgar ninguém.

Sem apito

O STF desobrigou o presidente da CBF de assinar termo de compromisso e proibiu qualquer medida de privação de liberdade. Romário não vai poder constrangê-lo.

Operação Senatus

“É difícil falar sobre o que já existe; imagine sobre o que não existe”, desconversa o presidente do Senado, Renan Calheiros, sobre suspeita de nova operação da PF na Casa.

Ah, delegado..

Delegado Waldir, o federal mais votado de Goiás com discurso contra a corrupção, trocou o PSDB pelo PR. Negociou diretamente com.. o mensaleiro Valdemar da Costa Neto, o dono do PR, que cumpre prisão domiciliar.   

Na mira

O deputado ‘tarja preta’ Vinícius Gurgel (PR-AP) se enrolou com a Justiça, sobre a suposta assinatura de renúncia falsificada no Conselho de Ética. Se for provado que não é dele a rubrica, o autor do crime pode ser condenado de dois a seis anos de prisão. 

Frouxo

O senador Telmário Mota (PDT-RR), relator que pediu a cabeça do colega enrolado na Lava Jato Delcídio do Amaral (prestes a ser expulso do PT), classificou como “frouxos” aqueles que se entregam em delação premiada. “Muito fraca a defesa dele”, diz Mota.

Gestão pública

O ex-ministro Marcio Fortes, diretor da Firjan, e o ministro do TCU Augusto Nardes se uniram para criar um curso sobre gestão na administração pública. Será no Ibmec, do Rio e em Brasília. Fortes, quando ministro das Cidades, percebeu que “há legislação, mas não há prática” dos agentes públicos.

Na banca

Aliás, Marcio Fortes volta a advogar. Obteve aval da OAB-Rio para abrir um escritório com Jerson Carneiro. Vão atuar no direito administrativo, cível e ambiental.

Ponto Final

O jornalista e escritor Carlos Heitor Cony completou 90 anos na segunda-feira, lúcido e com a pena afiada.

Loading...