Prefeito de Biguaçu, José Castelo Deschamps, renuncia ao cargo por problemas de saúde

Além das orientações médicas, Castelo diz que eleição da Mesa Diretora da Câmara foi fator que “acumulou” para decisão

O prefeito de Biguaçu José Castelo Deschamps (PP), 58 anos, renunciou ao cargo na tarde desta quarta-feira por problemas de saúde. A decisão foi comunicada às 17h, em um ofício entregue ao presidente da Câmara de Vereadores Manoel Airton Pereira (PP) e à Justiça Eleitoral. O município ficará agora sob o comando do vice-prefeito Ramon Wollinger (PSDB), que assume a cadeira nesta quinta-feira.

Joyce Reinert/Arquivo/ND

Prefeito José Castelo Deschamps tem 58 anos

Eleito em 2008 e reeleito em 2012, Castelo tem problemas cardíacos e passou por um procedimento cirúrgico em agosto, no Hospital Sirío-Libanês, em São Paulo, para a implantação de três stends para desobstrução das artérias. O prefeito estava sentindo dores no peito e por orientação médica e decisão da família optou pelo afastamento do cargo.

“Minha saúde está muito vulnerável e o modelo administrativo do país não ajuda muito. Os projetos não andam e isso provoca muito estresse e angústia”, disse Deschamps, ao alegar que a decisão “é a melhor para o município”. “A cada problema, eu sentia dores no peito e no braço. E não acho justo colocar a culpa em alguém ou ficar tirando atestado, recebendo dinheiro público. Isso só atrapalha o município. Por isso decidi deixar o vice assumir definitivamente”, acrescentou.

O prefeito afirmou que a renúncia já estava nos planos, mas queria aguardar a inauguração do hospital municipal para fazê-la. A obra atrasou e está agendada para janeiro, porém, a eleição da nova Mesa Diretora da Câmara de Vereadores, na terça-feira, antecipou os planos de Castelo. O prefeito apoiava Marconi Kirch (DEM) para a presidência, mas os vereadores elegeram Salete Cardoso (PV). Questionado se eleição o incomodou e foi decisiva para a sua renúncia, o prefeito não negou. “Tudo acumulou”, respondeu.

Para acatar a orientação médica para descanso, além do cargo público, Castelo se afastará do trabalho na empresa da família. “Meus filhos cuidarão de tudo. O relatório médico diz que eu preciso descansar e evitar atividades que possam gerar estresse ou muitas emoções”, apontou.

Vice-prefeito Ramon Wollinger assume o cargo

O vice-prefeito de Biguaçu Ramon Wollinger (PSDB) assume o comando do município ainda nesta quinta-feira e se pronunciará em entrevista coletiva de imprensa. Wollinger disse que a renúncia pegou todos de surpresa na cidade. “Estamos tristes pela decisão e precisamos reunir forças para construir esse novo momento do município”, declarou.

O presidente da Câmara de Vereadores Manoel Airton Pereira (PP) afirmou que o afastamento do prefeito foi uma “bomba” na cidade. “Ficamos todos perplexos pela notícia. Sabemos do problema de saúde, mas ficamos tristes e surpresos pela decisão”, assegurou.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...