Prefeitos de Apiúna e Rio do Sul reduzem salários; Câmara de Apiúna também fez o mesmo

Medida vale inicialmente por 60 dias. Nos dois municípios, apenas servidores da área da saúde não serão afetados com a redução

Mais dois prefeitos do Alto Vale do Itajaí anunciaram redução no valor dos salários. É o caso de Apiúna e Rio do Sul. Na semana passada, os prefeitos de Ibirama e Pouso Redondo já haviam decidido pela diminuição dos vencimentos.

Em Apiúna, a Câmara de Vereadores também se espelhou no Executivo e anunciou redução para focar em medidas e ações no combate ao Covid-19.

Prefeitura e Câmara de Vereadores de Apiúna vão reduzir salários por 60 dias – Foto: Divulgação/NDPrefeitura e Câmara de Vereadores de Apiúna vão reduzir salários por 60 dias – Foto: Divulgação/ND

O prefeito de Apiúna, José Gerson Gonçalves, decretou redução de 30% nos salários do prefeito e do vice-prefeito. Para os secretários, sub-secretários e chefia de gabinete a redução é de 20%.

Já para os cargos comissionados (direção, chefia e assessoramento) e as funções gratificadas o corte é de 10%. Segundo o decreto, a redução não se aplica aos servidores públicos da área da saúde.

Por sua vez, Câmara de Vereadores decidiu que a redução dos salários será de 20% para os parlamentares. Dos cargos comissionados será de 10%. A medida vale inicialmente por 60 dias.

Em Rio do Sul

Em Rio do Sul, o prefeito José Thomé decidiu reduzir em 20% o próprio salário, dos secretários e dos cargos comissionados, com exceção para os que trabalham na área da saúde.

O vice-prefeito Paulo Cunha não será afetado com a medida, porque desde o mês de novembro do ano passado decidiu abrir mão do vencimento.

A decisão também vale por 60 dias e tem como objetivo reduzir custos para buscar formas de aumentar o valor de investimentos na área da saúde neste momento de crise do coronavírus.

Leia também: 

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Política