Paulo Alceu

pauloalceu@ndtv.com.br Análises qualificadas e comentários assertivos acerca dos assuntos mais relevantes para os catarinenses.


Radiografia do Planejamento

Diante das contestações na área política referentes às funções reais da Secretaria de Estado de Planejamento, que funciona com comissionados, o secretário Murilo Flores reagiu

Diante das contestações na área política referentes às funções reais da Secretaria de Estado de Planejamento, que funciona com comissionados, o secretário Murilo Flores reagiu, afirmado reconhecer que, ao longo de muitos anos, a secretaria entrou num processo de enfraquecimento e esvaziamento. Em 2013, ressaltou o secretário, começou a retomada de suas funções dando a coordenação das obras do Pacto por SC. Até porque extrapola a condição apenas de obra, mas se trata de uma estratégia de desenvolvimento, envolvendo todas as áreas de governo. E essa função de controle de investimentos passou a ser uma tendências, atingindo outros Estados. Flores reconheceu também que houve perda de pessoal, mas ao invés de solicitar concurso público, nas circunstâncias atuais, vem utilizando servidores de alta qualificação de outras organizações do Estado. Hoje, para se ter uma ideia, são 61 funcionários, sendo que 25 são servidores de carreira ocupando cargos comissionados. Dos comissionados, apenas 13 não são de carreira. “Quando sairmos dessa situação fiscal, poderemos propor que a secretaria venha a ter um quadro próprio mais adequado, embora a equipe esteja dando conta do recado em alto nível”, sublinhou o secretário Murilo Flores.

Assinatura

A informação constitui uma ferramenta essencial ao bom desempenho das pessoas, inclusive na tomada de decisões. E os jornais tem um papel insubstituível na vida de cada um de nós. É diferente acordar com um jornal na sua frente, com informações variadas e pontuais, do que despertar divorciado das notícias e suas interpretações. O ND tem por princípio, como conceito de informação, atender as autênticas necessidades do público a que se dirige. E todos os dias é preparado por um grupo de profissionais empenhados em atender aqueles que consomem o jornalismo como meio de evolução. E nada mais agradável do que receber toda essa dedicação bem cedinho na porta de casa. O Grupo RIC está promovendo a assinatura premiada. Além da gente se encontrar todos os dias há o “risco” de você ser premiado. Aproveite!

Crise

Divulgação

Enquanto o governo Dilma anuncia cortes em sete programas sociais, com perspectivas de novas reduções no ano que vem, o deputado Serafim Venzon alerta que os efeitos da crise serão sentidos muito mais pela população mais pobre. Para Venzon, o governo ainda não sinalizou com cortes efetivos na própria carne, reduzindo a máquina administrativa. O que foi anunciado está longe de provocar efeitos positivos. “O descaso é total na saúde, na educação, com os jovens, as crianças brasileiras. É um governo que não sabe gastar o dinheiro do povo e ainda quer sacrificar com mais impostos, insistindo em defender a volta da CPMF, repudiada por todas as forças produtivas da sociedade”, concluiu o líder da bancada do PSDB na Assembleia.

Injustificável

Não é pelo fato do governo do PT ter tirado uma imensa fatia de brasileiros da miséria, ato reconhecível e elogiável, que são justificáveis os rombos e os roubos produzidos em vários segmentos da administração federal e muito menos a tentativa de destruição da Petrobras. A cada investigação fica mais visível a formação de uma verdadeira “quadrilha” de sanguessugas do dinheiro público.

Chega

Já perceberam que quanto mais o governo aumenta os impostos há menos dinheiro em caixa? Quanto mais oneram o povo brasileiro, maiores são os rombos? Ou seja, o problema não está na falta de recursos para pagar a paquidérmica máquina administrativa, mas na falta de honestidade e competência de gestão de autoridades mal intencionadas que continuam enganando os brasileiros desinformados.

Campanha

Divulgação

Pois é, depois de ter assumido a presidência do PMDB, o deputado Mauro Mariani dedica-se de corpo e alma a estadualização do seu nome e convocou a mulher dele, Cynthia Camargo, para apoiá-lo. Ela desempenha ações mobilizando as mulheres do partido. Mariani está focado em sua candidatura ao governo do Estado. Por enquanto seu maior adversário esta dentro do próprio PMDB: Eduardo Pinho Moreira. 

 

Discurso versus ação

“Em vez de aumentar impostos temos que melhorar a eficiência”. A meta do governador Raimundo Colombo esbarra exatamente numa cultura onde o serviço público perdeu em qualidade. Além disso, a inoperância de gestão dos políticos focados em outros interesses desqualificou e muito os serviços. Por isso, que por trás dessa intenção, há um caminho árduo a perseguir por conta de uma tradição torta que se estabeleceu e que começa a ser alterada por conta de vários apelos, inclusive, os vindos das ruas. O governador tem um discurso bem afinado e bem intencionado, buscando sintonizar com ações com concretas. Agora é colocá-las em prática, efetivamente. 

CARIMBO

Muitas prefeituras vão, de repente, culpar a crise pelo não pagamento do 13º salário dos servidores. Jamais assumirão incompetência administrativa.

Complicado

A renovação da matricula escolar está pegando muitos pais sem condições de arcar com os reajustes. Bateu o desespero. O dinheiro ficou curto e o jeito está sendo negociar, mas em alguns casos há resistência das escolas, impondo um custo bem maior.

Fato

Vendo prefeitos enxugar a máquina visando um custeio menor, dá para perceber que havia “gordura” em excesso. A crise por um lado está sendo benéfica, impondo uma postura de gestão mais adequada à realidade e não a interesses político-partidários. É visível ponde havia abusos…

Preocupa

Na reunião com o governador Colombo, Celesc e Casan, garantiram que estavam preparadas e prontas para receberem os 8 milhões de turistas que devem passar por aqui na temporada de verão, principalmente na Capital. Faltou água durante dois dias em parte do bairro João Paulo. E faltou luz por duas vezes à noite em Jurerê, Jurerê Internacional, Praia do Forte e Daniela. Locais assediados pelos turistas. A Celesc garante tratar-se de um problema pontual em que a vegetação na praia da Daniela atingiu a linha de alimentação de energia.   

Vagas

Divulgação

A prefeita de São José, Adeliana Dal Pont, onde pode dribla a crise. Esta semana assinou com a secretária de Educação, Méri Hang, o edital de licitação para a construção de três novas creches. A previsão das obras é para início do ano que vem. Irão atender as comunidades de Potecas, Luar e San Marino. Agora este mês, novembro, serão inauguradas mais duas creches. Isso representa 1.600 novas vagas em creches de São José.

 

Dando exemplo

Atualmente, o tempo médio entre a assinatura do contrato e a emissão da ordem de serviço para a realização de obras reduziu de 35 dias para 16 dias. Trata-se de um sistema aplicado pelo Observatório da Despesa Pública, que apoia os gestores públicos, cruzando dados, gerando desempenho e identificando situações atípicas na execução de gastos públicos. Um avanço, que segundo Augusto Piazza, diretor da Auditoria Geral da Secretaria da Fazenda, referindo-se aos contratos, o sistema mostrou, em 2012, que as licenças e desapropriações respondiam pela maior parte do tempo ocioso e que o aprimoramento da gestão podia fazer com que a população recebesse as obras mais cedo e com menor custo. Esse trabalho transformou-se em referência no país e esta sendo expandido para os demais Estados.

Loading...